Webinar aborda a evolução da gestão de ativos nas empresas reguladas

17

A Arsae-MG promove, no próximo dia 30/09, quinta-feira, das 9h às 12h, mais um webinar do Programa “Regulação em Foco”. Nesta edição o tema será a evolução da gestão de ativos nas empresas reguladas.  Serão debatidas as questões que representam atualmente os principais gargalos e benefícios da importância da cultura de gestão de ativos nas companhias de saneamento. Além disso, será abordada a experiência da implementação da gestão de ativos nos prestadores de serviços do setor elétrico. O evento vai contar com a presença de diversos especialistas em regulação, entre eles representantes da Sabesp, AES-Brasil e ENEL, além de profissionais da própria agência.

Para a equipe organizadora do evento, como o setor de saneamento é caracterizado por empresas ativo-intensivas, que dependem de seus ativos para prestar serviços, tornam-se necessários investimentos constantes em sua infraestrutura, que são realizados basicamente na implementação de novos ativos, na reposição de unidades depreciadas e na ampliação e crescimento vegetativo dos sistemas.

Na avaliação dos organizadores, a adoção das práticas de gestão de ativos pode proporcionar às empresas de saneamento diversos benefícios e melhorias, pois representa a ação coordenada para obter o maior benefício do ativo, equilibrando os princípios de mínimo custo, máximo desempenho e menor risco. Além disso, pode ser aplicável às organizações ativo-intensivas, nas quais os ativos são um fator-chave (crítico) para alcançar os objetivos estratégicos da empresa.

Esse novo modelo de gestão, acreditam, pode assegurar aos usuários que os investimentos sejam planejados e realizados à luz das melhores práticas, gerando maior eficiência na tomada de decisão, e sob a ótica da racionalidade econômica, sem prejuízo à qualidade dos serviços prestados, o que pode favorecer, no longo prazo, a modicidade tarifária.

Dessa forma, pontuam, todos os instrumentos e mecanismos que a regulação puder incentivar para as companhias de saneamento no âmbito da gestão de ativos é de extrema importância, pois se busca garantir a sustentabilidade econômico-financeira e as condições operacionais adequadas baseadas nos requisitos de continuidade e qualidade dos serviços prestados aos usuários no âmbito de investimento, operação e manutenção dos sistemas.