Transporte hidroviário pode ser boa oportunidade de negócios, diz diretor da ANTAQ

605

O diretor-geral em exercício da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Tiago Lima, defendeu nesta segunda feira (21) em São Paulo (SP) a realização das obras para promover um melhor aproveitamento do potencial hidroviário no transporte de cargas. Lima palestrou para empresários da indústria durante o 7º Encontro de Logística e Transportes, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP.

O diretor da ANTAQ alertou durante o evento que o Brasil terá de investir na construção de diversas eclusas para assegurar a navegabilidade e ampliar o transporte pelos rios. “Consideramos como prioritário a construção de 46 eclusas em empreendimentos hidrelétricos previstos e existentes por todo o país”, destacou.

Lima destacou a expansão do setor em 2011, que cresceu em todas as regiões hidrográficas. Na região amazônica subiu de 9,12 milhões de toneladas em 2010 para 9,81 milhões de toneladas no passado, por exemplo. Em relação à frota na bacia da Região Amazônica, há projetos para inserção de mais 400 embarcações no próximo triênio. Segundo informou o diretor-geral em exercício da ANTAQ, a estimativa é duplicar a quantidade de carga transportada.

Fonte: Ascom/ANTAQ