Tarifas em aeroportos leiloados serão controladas, diz Anac

596

As tarifas nos aeroportos de Guarulhos (SP), Campinas (SP) e Brasília, que tiveram a concessão leiloada nesta segunda-feira, terão reajustes controlados, segundo a Anac.

“O modelo [de concessão] não pressupõe aumento de tarifas para os usuários”, afirmou em coletiva de imprensa Wagner Bittencourt, ministro chefe da Secretaria de Aviação Civil.

Segundo o diretor-presidente da Anac, Marcelo Guaranys, seguem a variação do IPCA, índice oficial de inflação.

Guaranys diz que existe a possibilidade do aumento ficar abaixo ou acima do índice dependendo do desempenho das operadoras que irão administrar os aeroportos. Se a qualidade for aquém do esperado, o reajuste ficará abaixo da inflação.

O diretor-presidente da Anac explica que há dois fatores que incidem sobre o reajuste, o q e o x, vinculados à qualidade do atendimento e ao desempenho da operadora.

Em caso de desempenho acima do esperado, a variação maior, segundo ele, é “marginal” à inflação –ele não confirmou o percentual.

A data do primeiro reajuste ainda não foi confirmada pela Anac.

Fonte: Folha.com

{backbutton}