Subestação vai ampliar capacidade de atendimento em 6 municípios

92

O diretor de Gás e Energia, Valter Almeida da Silva, e o coordenador da Câmara Técnica de Energia da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan), Paulo Patrício da Silva, participaram da inauguração da obra de ampliação da Subestação da Energisa Mato Grosso do Sul que atende o município de Bandeirantes, e que também vai beneficiar as cidades Jaraguari, Corguinho, Rochedo, São Gabriel do Oeste e Camapuã. A distribuidora, que é fiscalizada pela Agepan, investiu R$ 6,5 milhões na obra, que irá beneficiar 8,3 mil clientes das áreas urbanas e rurais. A entrega das obras ocorreu no dia 5 de março.

Conforme a Energisa MS, o investimento aumenta em cinco vezes a capacidade da subestação, por meio da substituição de uma fonte de energia de 34 mil volts por uma de 138 mil volts, garantindo maior robustez do sistema elétrico. O diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhaes, ressalta os ganhos de qualidade do serviço: “A ampliação da capacidade da Subestação Bandeirantes fomenta o potencial econômico da região, por meio da industrialização tanto na área urbana quanto na área rural, bem como promove o desenvolvimento local com a geração de emprego e novos negócios”, afirma.

Valter Almeida da Silva ressaltou a importância do investimento na qualidade do serviço de energia oferecido para a região. “Fazemos a regulação no estado, acompanhamos a distribuição e geração de energia e sabemos que o aumento da capacidade trará uma estabilidade bastante adequada para a rede, podendo atender – até de forma emergencial – clientes de municípios mais próximos”, pontuou.

As subestações são responsáveis pelo início da distribuição da energia e funcionam como pontos de entrega de energia para os consumidores. A expansão torna a rede elétrica menos suscetível às interrupções de energia, bem como viabiliza o desenvolvimento do agronegócio nessa importante região produtora.