Rodízio na RMBH: Arsae-MG informa sobre abastecimento alternativo 

21

Atenta aos impactos que o rodízio de abastecimento de água possam causar aos usuários de serviços essenciais – creches e escolas de ensino infantil e fundamental, hospitais e unidades de atendimento destinadas à preservação da saúde, além de estabelecimentos de internação coletiva -, a Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG), afirma que essas instituições podem solicitar  abastecimento alternativo em casos de paralisações do abastecimento de água, realizadas em virtude de racionamento, de acordo com a Resolução Arsae-MG 129/2019 e Resolução Arsae-MG 68/2015.

Para isso a solicitação de abastecimento alternativo (realizado por Caminhões-Pipa) deverá ser feita por esses usuários de serviços essenciais por meio dos canais de atendimento da Copasa (115 ou pelo 0800 0300 115). Ainda de acordo com a Resolução o prestador de serviços possui a responsabilidade do cadastro de todos os usuários que prestam serviços essenciais nos municípios, além de fornecer informações relacionadas ao direito e procedimento para solicitação de fontes de abastecimento alternativos, em casos de intermitência como no atual rodízio adotado pela Companhia.