Qualidade da água é boa em 75% dos pontos analisados, diz ANA

533

Os recursos hídricos no país apresentaram boas condições em 75% de quase 2 mil pontos de monitoramento acompanhados pela Agência Nacional de Águas (ANA). No entanto, condições ótimas existem apenas em 6% das áreas, de acordo com relatório apresentado na última segunda-feira (4) pela agência.

Considerando apenas os pontos analisados desde o início do levantamento, a conclusão é que em 86% dos locais monitorados a situação manteve-se estável, enquanto em 7% os recursos hídricos pioraram. Sobre a qualidade da água, houve uma melhora de 7%, aproximadamente.

“A qualidade das águas melhorou nas bacias onde houve investimento em saneamento, como, por exemplo, na bacia Rio das Velhas (Minas Gerais) e a do Alto Paraíba, onde foram feitos investimentos em tratamento de esgoto continuados”, explicou o superintendente de Planejamento da ANA, Ney Maranhão.

O levantamento mostrou ainda que 51% do território nacional são cobertos, hoje, por planos de bacias, e 16 Estados já elaboraram os planos estaduais para o setor. “Os Estados têm políticas de recursos hídricos, mas o grande problema é que os órgãos gestores são muito frágeis. A execução dessa política acaba se fragilizando. Em um importante Estado brasileiro, por exemplo, existe apenas um único trabalhador voltado para a gestão de recursos hídricos”, lamentou o diretor-presidente da ANA, Vicente Andreu.

Fonte: Portal Terra