Proposta para regulamento geral de água e esgoto é discutida na AGRESE

666

Na manhã desta terça-feira, 03, a Diretoria Executiva e técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) reuniram-se com profissionais da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). O objetivo do encontro foi discutir sobre as contribuições à proposta do regulamento geral relativo aos serviços de água e esgoto sanitário do Estado Sergipe.

Durante a reunião na sede da Agência, diversas sugestões para o regulamento geral dos serviços de água e esgotos sanitários da população sergipana foram analisadas. “O regulamento é uma ferramenta para assegurar os direitos dos usuários e zelar pela boa operação dos serviços prestados. É importante que a sociedade conheça e contribua, já que se trata de mais um serviço essencial que passará a ser regulado pela Agrese, a exemplo do que já acontece na área de gás natural canalizado”, disse o Diretor-Presidente da Agrese, Luiz Hamilton Santana de Oliveira.

A minuta do documento, o qual regulamentará as relações entre usuários e prestadoras de serviços na área de saneamento, pode ser consultada e receber sugestões de qualquer interessado a partir do dia 23/10/2017, através do e-mail gabinete.agrese@agrese.se.gov.br

A próxima etapa será a realização da audiência pública, marcada para o dia 10 de novembro, a partir das 8h, no auditório da Codise.

Participaram da reunião o Diretor-Presidente da Agrese, Luiz Hamilton Santana de Oliveira, o Diretor Técnico, Jean Carlos Nascimento, o Diretor Administrativo e Financeiro, Said Schoucair, a Diretora da Câmara de Saneamento, Juliana Cabral, o engenheiro civil Joelson Hora e o procurador Arthur Borba, além dos profissionais da Deso, entre eles o assessor jurídico, André Luís Pereira, o representante da área comercial, Roberto Leite e a assessora técnica da diretoria comercial e financeira, Edime Leite.

“Achei bastante exemplar esse convite da Agência para participação e contribuições, pois são extremamente importantes para reforçar as atividades regulatórias e a qualidade dos serviços na área”, finalizou a assessora técnica da diretoria comercial e financeira da Companhia, Edime Leite.