Ouvidoria da ARSAM ganha novo formato para melhor atender a população

604

A ouvidoria da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) é um canal de comunicação do órgão, de segunda instância, ou seja, o reclamante que não teve o problema solucionado pelas concessionárias no prazo estabelecido, a Arsam faz o registro e toma as devidas providências.

A Arsam é um órgão do Governo do Estado do Amazonas, responsável pela regulação e fiscalização dos serviços públicos concedidos de abastecimento de água, esgotamento sanitário, transporte rodoviário intermunicipal coletivo de passageiros e fornecimento de gás natural canalizado.

De acordo com o ouvidor da Arsam, Rafael Rebelo, as principais reclamações são referentes à Manaus Ambiental: falta de abastecimento de água, canalização e tratamento de esgotos, além das faturas cobradas indevidamente. Com base nos dados do relatório da ouvidoria da Arsam, foram registrados, no mês de outubro, 54 reclamações, das quais 22 do tipo operacional que abrange: falta de água, baixa pressão, ligação, religação, corte de água, vazamento na rede; e 32 do tipo comercial que são aquelas referentes aos valores faturados pela concessionária.

A Manaus Ambiental disponibiliza um posto para atender a população no Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) da Compensa, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus, mas devido à grande demanda o diretor-presidente da Arsam, Walter Cruz, decidiu expandir o atendimento da ouvidoria da Agência Reguladora.


Novos postos da Ouvidoria da Arsam

Além do PAC São José, no Uai Shopping, no Bairro São José, zona leste da capital, que já recebe reclamações no local e pelos telefones 0800 280 8585 e 3234-8397, a Arsam colocará à disposição da população, o serviço da ouvidoria em mais dois postos, em Manaus, sendo um deles no PAC Cidade Nova, no Shopping Sumaúma, no bairro Cidade Nova, zona norte, que inaugura nesta quinta-feira (9/11); e o outro em um prédio da própria ouvidoria, que será inaugurado, ainda este mês de novembro, na rua Miranda Leão, Centro da capital.

Na próxima segunda-feira (13/11), a Arsam vai disponibilizar, ainda, um formulário de reclamações no site da Agência, na Internet.

Imagem: ARSAM
Imagem: ARSAM