Ocasião para celebrar e para pensar sobre a melhor forma de lidar com a água

545

A Semana da Água, em 2017, é oportunidade para, em plena crise hídrica, mobilizar a sociedade em prol da conscientização ambiental e estimular a reflexão de todos sobre a forma como cada indivíduo lida com esse recurso tão vital. Neste ano, a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa) e os parceiros Agência Nacional de Águas (ANA) e Ministério do Meio Ambiente (MMA) preparam programação para fazer da data uma oportunidade de celebrar avanços e projetar desafios.

A lista de eventos prevê, para a próxima semana, seminários, uma solenidade para o pagamento de serviços ambientais (PSA) e a assinatura de contratos com agricultores do Distrito Federal que passarão a atuar como produtores de água. Também, na agenda da Semana da Água, uma exposição de fotografias e, no sábado, 25, a sexta edição da prova que, por meio do esporte, estimula a conscientização sobre o uso racional dos recursos hídricos e promove a qualidade de vida.

O Dia Mundial da Água, 22 de março, motiva comemorações em todo o globo todo desde a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento e o Ambiente, a ECO 92. Naquela época, os países adotaram medidas de preservação desse recurso e de promoção da sustentabilidade. “Esse é um momento em que o mundo celebra a substância mais importante para a vida, o que também nos faz pensar, neste contexto de escassez hídrica pelo qual passa o Distrito Federal, sobre a melhor forma de lidar com a água”, diz o diretor-presidente da Adasa, Paulo Salles.

A Adasa acompanha, regula e fiscaliza o ciclo completo do uso da água, com especial atenção na sua retirada e na devolução ao corpo hídrico – é a única no Brasil porque atua simultaneamente na regulação do bem natural água, uma atribuição do Estado, e dos serviços de saneamento básico, uma tarefa das administrações municipais. Em todas as suas atividades a Agência busca o envolvimento e a participação da sociedade para garantir a qualidade e o atendimento dos serviços a todos os cidadãos, com tarifas moderadas e a manutenção do equilíbrio econômico financeiro das prestadoras de serviços.

Confira a programação no link: https://goo.gl/fGIOZL