Nova presidente da ANACOM defende mais “independência” do regulador

498

30/05/12

Durante a posse da nova presidência da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM), realizada hoje em Lisboa, Fátima Barros considerou indispensável uma maior independência administrativa e financeira do regulador para melhor desempenho das suas funções. “A independência administrativa e financeira do regulador é imprescindível, pois só assim estará em condições de assegurar os recursos humanos e técnicos imprescindíveis ao desempenho da sua função”, afirmou a nova presidente da ANACOM durante a cerimônia no Ministério da Economia de Portugal.

Segundo a presidente da ANACOM, que substituiu José Amado da Silva, “promover o desenvolvimento e a concorrência no mercado das comunicações eletrônicas e dos serviços postais, defender os interesses dos consumidores e contribuir para o desenvolvimento do mercado interno na União Europeia” são os objetivos da equipe hoje empossada para os próximos cinco anos.

Fonte: RTP Notícias (Portugal)