Nota da ABAR sobre mercado de gás repercute na mídia especializada

22

Dois importantes portais de notícias publicaram nesta quinta-feira (30) matérias sobre o posicionamento da ABAR (Associação Brasileira de Agências de Regulação) em relação aos elevados reajustes impostos pela Petrobras aos preços do gás natural. O site Poder360, especializado em noticiário político, e a publicação online Energia Hoje, da Editora Brasil Energia, destacaram o alerta feito pela ABAR sobre os riscos representados pelo monopólio da estatal.

De acordo com a nota da ABAR, assinada pelo presidente Fernando Franco, o quadro atual “ameaça todos os avanços esperados com a nova Lei do Gás”. Referindo-se às recentes disputas judiciais envolvendo os reajustes, o texto afirma que os embates “contrariam a expectativa inicial de proporcionar ao País a abertura do mercado com uma fonte energética acessível e preços mundialmente competitivos”.

Em matéria intitulada “Monopólio da Petrobras afeta preço do gás, diz associação”, o Poder360 informa que “A Abar (Associação Brasileira de Agências de Regulação) classificou os recentes embates judiciais acerca do aumento do preço do gás canalizado pela Petrobras como “ameaça a todos os avanços esperados com a nova lei do gás”. Segundo a entidade, a briga pelo preço do gás natural se deve ao monopólio da estatal no setor.” Leia o texto na íntegra. 

O site Energia Hoje, na reportagem Abar alerta sobre riscos do monopólio da Petrobras no mercado de gás”, reproduz importantes trechos da nota, entre eles o que informa sobre as observações que vem sendo feitas pela ABAR desde o início dos debates sobre a nova lei do Gás: “Quando da tramitação do projeto de lei do gás no Congresso Nacional, a Abar enviou cartas aos parlamentares, com o intuito de chamar a atenção do Poder Legislativo e da sociedade em geral, alertando claramente para o risco que a proposta representava à segurança e ao abastecimento local. Lamentavelmente, os perigos mencionados à época mostram-se, hoje, uma realidade”. Leia a reportagem completa em PDF, ou clique aqui se for assinante.