Fábio Augusto Alho da Costa, ex-presidente da ABAR, se despede da Ageman

87

Confira a mensagem de despedida de Fábio Alho da presidência da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman):

Prezados associados, Diretoria da Abar, demais dirigentes e ex-presidentes

Após 17 anos de atuação efetiva na Regulação Estadual, Municipal e Federal junto à Associação Brasileira das Agências de Regulação (Abar), instituição da qual fiz parte e me dediquei com profundo respeito, primando sempre pelo atendimento dos anseios dos nossos associados e o fortalecimento institucional da entidade, ora como associado, ora como membro – na função de Titular do Conselho Fiscal, Vice-presidente Regional Norte em dois momentos e Presidente Nacional durante o triênio 2015-2017, sempre colaborando ativamente na construção de uma cultura de fortalecimento da regulação no Brasil, venho informar minha saída como membro titular da referida entidade reguladora.

Minha saída se dá em decorrência do término de meu mandato de quatro anos, que se encerra no próximo dia 28 de fevereiro de 2022, como dirigente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), filiada à Abar, desde sua criação, e que ao longo desse tempo, contribuiu mutuamente para a consolidação da primeira agência reguladora municipal do Estado do Amazonas, a qual tive a honra de ser o primeiro diretor-presidente.

Afirmo aqui que a cidade de Manaus deu um salto significativo com a criação da Ageman que, ao longo de seus quatro anos de existência, agiu assertivamente para a melhoria dos serviços por ela regulados, a saber: o abastecimento de água, o esgotamento sanitário, a iluminação pública e o serviço de estacionamento rotativo pago denominado “Zona Azul”.

Na Ageman, fomos vigilantes no cumprimento das metas das concessionárias e nos investimentos que asseguraram a expansão e a melhoria dos serviços, mesmo em meio à Pandemia da Covid-19 que afetou o mundo inteiro, atingindo profundamente nosso Estado do Amazonas, nos obrigando a promover uma grande transformação no modo de administrar. Mantivemos a continuidade e a qualidade dos serviços essenciais à população – garantimos a segurança jurídica dos contratos de concessão e o equilíbrio tarifário – ao mesmo tempo em que perdíamos amigos, familiares e colegas de trabalho para uma doença ainda desafiadora para toda humanidade.

Realizamos tudo isso graças a um trabalho de acompanhamento célere feito por nosso quadro estritamente técnico e especializado de colaboradores que não se intimidou em cumprir suas rotinas em prol do compromisso de promover o fortalecimento da regulação no município de Manaus.

Por fim, agradeço imensamente à atual diretoria da Abar, secretaria executiva, todos os dirigentes, associados, demais servidores e ex-presidentes da Associação, pela generosidade e apoio prestados desde 2006, quando ingressei na entidade, o que me proporcionou todo o conhecimento e vivência adquiridos no âmbito da regulação e da fiscalização dos serviços regulados.

Sigo agora, honrosamente, no Conselho Consultivo de ex-presidentes da Abar ao lado de valorosos amigos com quem tive a oportunidade de vivenciar marcos históricos da regulação em nosso País e coloco-me à disposição para continuar contribuindo com o engrandecimento da regulação nacional.

Manaus, 25 de fevereiro de 2022.

Fábio Augusto Alho da Costa
Diretor-Presidente/AGEMAN