Estudo tarifário feito para Itaúna aponta para reajuste abaixo da inflação

46

Analistas da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento Básico de Minas Gerais (ARISB-MG) apresentaram para representantes do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itaúna (SAAE) um estudo que aponta para um reajuste com taxas inferiores à inflação: 8,13% nas tarifas de água e esgoto a partir de outubro de 2022 e desconto de 4,53% nas taxas de resíduos sólidos a partir de janeiro de 2023.

A diretora geral do SAAE Alaiza Aline de Queiroz Andrade, avaliou o estudo tarifário como uma ferramenta importante para o equilíbrio econômico e financeiro da Autarquia.  “O estudo demonstrou este equilíbrio, ao nos sinalizar com um baixo reajuste em um cenário com uma alta inflação”.

Guilherme Araújo, analista da ARISB-MG, destacou que mesmo em cenário de inflação alta, o reajuste foi baixo. “Na verdade, o reajuste da tarifa abaixo da inflação evidencia os benefícios gerados pela nova metodologia de cobrança implantada um ano após a mudança da matriz de Itaúna.”

Ana Carolina Assis, também analista da ARISB-MG, alertou sobre a importância da adequada apropriação contábil dos gastos por segmento, principalmente, quando possuem diferentes instrumentos de cobrança: tarifa e taxa.