Doações realizadas no 8° Fórum Mundial da Água vão restaurar mais de dois mil m² de Cerrado

828

O Cerrado do Fórum, ação vinculada ao Programa Produtor de Água no Pipiripau, recebeu 404 doações voluntárias durante o 8° Fórum Mundial da Água. As contribuições foram realizadas pelo site, e na Expo e Vila Cidadã, espaços instalados no evento, totalizando a quantia de R$ 9.696,66. O valor vai permitir o fortalecimento do programa implantado no Ribeirão Pipiripau, que abastece as regiões de Sobradinho e Planaltina, no Distrito Federal.

A ação foi articulada pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa), com a organização The Nature Conservancy (TNC), a Rede Semente do Cerrado, o Sindicato de Estabelecimentos Particulares de Ensino e a Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB). Há cinco anos, o Programa Produtor de Água desenvolve atividades no ribeirão, com práticas vegetativas e métodos de conservação.

As 404 mudas de árvores, uma por doador, serão plantadas no próximo período chuvoso. Será priorizado o plantio das mudas que provêm das sementes que foram semeadas nos tubetes pelos doadores durante o Fórum. As mudas estão sendo desenvolvidas atualmente no viveiro Pede Planta da Asa Norte, em Brasília.

O compromisso é restaurar 5m² a cada vinte reais arrecadados. Ao todo, a área restaurada com as doações, que vieram de 46 países diferentes, será de 2.424 m² com semeadura direta, realizada na propriedade de Mauro Augusto Kaiser, produtor de Água há mais de 5 anos. A família se comprometeu a monitorar e preservar a área.

Os doadores têm acesso ao Sistema Integrado de Restauração (SIR) da TNC, no qual poderão visualizar a atual locação da área que será restaurada. O plantio e a semeadura ocorrerão no segundo semestre de 2018; neste momento os colaboradores poderão ter acesso a fotos e indicadores de restauração no SIR.

A Rede de Sementes Cerrado vai continuar a receber doações durante todo o ano. O procedimento será divulgado no site do Produtor de Água no Pipiripau.