Divulgado o resultado da primeira fase de seleção da Chamada Pública PRODECINE 05/2014

580

Edital disponibiliza R$ 20 milhões para projetos de longa-metragem de linguagem inovadora e relevância artística

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), agente financeiro do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), divulgaram hoje, 4 de setembro, o resultado da primeira fase de seleção da Chamada Pública PRODECINE 05/2014, do Programa Brasil de Todas as Telas, após análise de recursos.

 

O edital disponibiliza um total de R$ 20 milhões a projetos de longas-metragens de documentário, ficção e animação com foco em propostas de linguagem inovadora e relevância artística.

 

Após o julgamento de recursos da primeira fase de seleção, foram providos sete recursos. Com os 35 projetos que já haviam sido aprovados preliminarmente, seguem agora para a segunda fase de seleção 42 projetos aprovados, que serão avaliados por uma comissão formada por três profissionais do mercado e dois servidores da ANCINE.

 

O resultado final da seleção será conhecido a partir da segunda quinzena de setembro e contemplará os projetos com um investimento de até R$ 2.250.000,00 para a integralização dos itens financiáveis do orçamento.

 

 

Confira abaixo a lista de projetos classificados, que seguem agora para a próxima etapa:

 

“Amor encantado”, da Floresta Vídeo Gráfica e Editora (PA)

“Um animal Amarelo”, da Duas Mariola (RJ)

“Banquete de olhares”, da Braxil Filmes (MG)

“A Bela América”, da Persona Non Grata Pictures (SP)

“Animais na Pista”, da Coração da Selva (SP)

“Bizarros Peixes das Fossas Abissais”, da Marão Filmes (RJ)

“Breves Miragens de Sol”, da Aruac Produções LTDA. (RJ)

“Calipo Sonha?”, da Aurora Filmes (SP)

“Comboio de Sal e Açúcar”, Panda Filmes (RS)

“Desterro”, da Filmes de Abril (SP)

“Discos Marcus Pereira”, da Videoforum Filmes Produções Artísticas Ltda – ME (SP)

“En tus ojos”, da laz (PR)

“Espera”, da 88 Produções (MG)

“Favelost”, da Tambellini Filmes (RJ)

“O Filho da Puta”, da Otto Desenhos Animados (RS)

“Greicekelly”, da Dezenove Som e Imagens (SP)

“Greta Garbo”, da Drama Produções Artísticas (CE)

“Intolerância.doc”, da Modo Operante Produções (RJ)

“A Ira de Deus”, da 2DLab (RJ)

“Jesus Kid”, da Grafo Audiovisual Ltda. ME (PR)

“Lampião, o governador do sertão”, da Bucanero Filmes (CE)

“Marabá”, da Visagem Filmes (PA)

“Mare Nostrum”, da Raiz Produções (SP)

“Mares do Desterro”, da Vagaluzes Filmes (SC) 

“Maria Luiza”, da Diazul de Cinema (DF)

“Mariana”, da Cine Nova (MG)

“Mata Negra”, da Fábulas Negras Produções Artísticas LTDA (ES)

“Mesmo que seja eu”, da Casa Azul Produções Artísticas (SP)

“Meu nome é coragem”, da Anitra Cinema & Tv (CE)

“Minha Amada Câmera”, da Lestepe (RJ)

“Montanha russa (molambo)”, da Tacacá Filmes (RJ)

“O olho do camaleão – Siron Franco”, da Pacto Audiovisual (PE)

“As orbitas da água”, da Lume Filmes (MA)

“A Paixão Segundo GH”, da Academia de Filmes (SP)

“Palavras Queimadas”, da Kinossaurus (RJ)

“O Rio de Janeiro de HO Chi Minh”, da Moviola Filmes (RJ)

“A salamandra”, da N Filmes (PE)

“Soldado Estrangeiro”, da Coevos Filmes (RJ)

“Unicórnio”, da 3 Tabela Filmes (RJ)

“Um vidro Sob Minha Pele”, da Busca Vida Filmes (SP)

“Viva o povo brasileiro! Por que não?”, da Asacine (DF)

“Zaatari”, o filme”, da Grifa Filmes (SP)

 

Saiba mais sobre o Programa Brasil de Todas as Telas

 

O Programa BRASIL DE TODAS AS TELAS é uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. Trata-se do maior programa de desenvolvimento do setor audiovisual já construído no Brasil, formulado pela Agência Nacional do Cinema – ANCINE em parceria com o Ministério da Cultura – MinC, e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA.