Diretoria anuncia novas medidas em prol da equidade de gênero na Aneel

225

O Dia Internacional da Mulher foi celebrado na abertura da 7ª Reunião Pública Ordinária de 2022 da ANEEL, realizada na terça-feira (8/3). Em meio às homenagens prestadas pelos diretores, o destaque foi o anúncio de uma série de medidas que serão implementadas pela ANEEL em prol da equidade de gênero no setor elétrico. Entre elas, ações de capacitação sobre masculinidade saudável no ambiente de trabalho e a possibilidade de disponibilização, nos banheiros femininos, de dispenser com absorventes íntimos.

O anúncio, feito pela diretora Elisa Bastos, referiu-se a decisões do colegiado da Agência tomadas na Reunião Administrativa dessa segunda-feira (7/3). As ações incluem, ainda, a implementação de um canal exclusivo e confidencial para denúncias de violência contra a mulher e assédio moral, a capacitação de lideranças femininas e a instituição de cursos sobre o setor elétrico a serem elaborados para mulheres que estejam ou se interessem em trabalhar no setor elétrico.

Outra ação a ser implementada trata da orientação às unidades da Agência para que seja facultada, após expirado o prazo regulamentar da licença-paternidade, a concessão de 30 dias em regime de teletrabalho integral aos servidores em regime de jornada presencial ou no Programa de Gestão em modalidade parcial ou presencial.

Ao anunciar as medidas, a serem tratadas pela SAF e SRH, a diretora Elisa salientou a cultura da ANEEL de promover debates e campanhas de conscientização sobre a importância do dia 8 de Março na luta social das mulheres e, em especial, nas lutas trabalhistas. “São ações que podem parecer pequenas, mas que demonstram que a Agência se preocupa e está atenta às necessidades das mulheres buscando evoluir para a equidade de gênero”, disse.

A diretora lembrou, também, das dificuldades ainda enfrentadas por inúmeras mulheres em diferentes espaços da sociedade. Expressou, assim, gratidão pela posição que alcançou em sua trajetória. “Eu agradeço todos os dias pelo grande privilégio de estar aqui, de ter chegado a essa posição e ter ao meu lado um time de mulheres incríveis, brilhantes, enérgicas e talentosas. Não falo apenas das servidoras do meu gabinete, mas de todas as equipes da ANEEL”.

O diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, saudou as servidoras e colaboradoras da ANEEL e demais profissionais que contribuem para o desenvolvimento do setor elétrico. “É indiscutível a capacidade da mulher de liderar e atuar com competência no ambiente profissional. A diretora Elisa é a prova viva dessa capacidade e um grande incentivo para todas as mulheres da agência e do setor elétrico”, pontuou.

Hélvio Guerra, por sua vez, reforçou a importância da crescente presença de mulheres no setor elétrico e, em particular, na ANEEL. Destacou a atuação da diretora Elisa no colegiado, onde “sempre soube conduzir suas decisões com firmeza e com sensibilidade”, e enumerou a participação feminina em funções importantes da Agência. “Hoje, a ANEEL tem em seu quadro uma diretora, 18 assessoras e seis superintendentes ou superintendentes-adjuntas, representatividade mais expressiva desde seu ano de criação”, disse. “Nunca duvidem do ótimo trabalho de vocês e todas as outras profissionais da ANEEL. Vocês são reflexos das pioneiras, que, em época mais desafiadora, atuavam e abriam portas para que mais mulheres pudessem integrar o setor elétrico”.

A crescente presença feminina em áreas sensíveis da Agência, como Fiscalização, também foi destacado pelo diretor Sandoval Feitosa. “O Dia Internacional da Mulher não deve ser lembrado apenas nesse dia. As mulheres e seu papel de destaque na sociedade brasileira têm sido cada vez mais relevantes”, destacou.  “A sociedade é formada e cresce com essa diversidade. A diversidade de pensamento, a diversidade de gênero”.