Camila Bomfim e Giácomo Bassi são convocados a compor Diretoria da Aneel

239

Em Portaria publicada na quarta-feira (18), a ANEEL convocou a superintendente de Fiscalização Econômica e Financeira, Camila Figueiredo Bomfim Lopes, para atuar como diretora-geral substituta da Agência em decorrência da saída de André Pepitone. A publicação é válida até a efetivação da posse de Sandoval Feitosa para o comando da Casa.

O Superintendente de Fiscalização dos Serviços de Eletricidade, Giácomo Francisco Bassi Almeida, também foi convocado para compor o colegiado da ANEEL. Bassi atuará como diretor substituto na vacância do cargo em decorrência da saída de Elisa Bastos.

Bacharel em Ciências Econômicas e Mestre em Regulação pela Universidade de Brasília (UnB), Camila Bomfim foi vencedora da Premiação de Artigos da Conferência “Brazil Energy Frontiers 2013”, promovida pelo Instituto Acende Brasil, com o tema “Tributos e encargos sobre a eletricidade: eficiência econômica e social”.

Camila Bomfim e Giácomo Bassi são convocados para compor a Diretoria Colegiada da ANEEL_homeBomfim trabalhou na Superintendência de Planejamento Econômico e Financeiro da Eletronorte e, desde 2005, integra o quadro efetivo da ANEEL como especialista em regulação de serviços públicos de energia elétrica, tendo atuado na Superintendência de Gestão Tarifária de 2005 a 2018. Entre dezembro de 2018 e maio de 2020, Camila ocupou o cargo de assessora da Diretoria da ANEEL, quando assumiu a Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira da Agência.

Giácomo Bassi tem graduação em Engenharia Elétrica pela UnB, pós-graduação (MBA) em Estratégia Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas e Mestrado em Engenharia Elétrica pela UnB. Na ANEEL, já atuou na Superintendência de Fiscalização dos Serviços de Eletricidade (SFE)e na Superintendência de Regulação dos Serviços de Transmissão (SRT). Em fevereiro de 2017, Giácomo assumiu o cargo de superintendente adjunto da SFE e, em junho de 2018, como superintendente da unidade.