Artesp e Rodovias do Tietê realizam intervenção artística em ponto de ônibus 

60

A Artesp (Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo), em conjunto com a concessionária Rodovias do Tietê e a Prefeitura de Hortolândia, realizaram intervenção artística em um ponto de ônibus da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP 101), no km 08+800. A iniciativa faz parte de um edital da prefeitura de Hortolândia que permite que artistas e grafiteiros mudem o visual de alguns pontos da cidade.

Com a obra intitulada Oceano, que faz parte do projeto Ponto a Ponto, o artista Pedrovisk revitalizou o ponto de ônibus do km 08. O ponto está grafitado na parte de trás; a parte da frente, pintada com a cor tradicional, ganhou uma mensagem de educação para o trânsito voltada aos pedestres.

Este é o primeiro ponto de ônibus das rodovias concedidas a receber uma intervenção artística. “Essa iniciativa é uma forma de a agência mostrar que está sempre em busca de soluções inovadoras, comprometendo-se com outras áreas, além das técnicas, como a cultura e arte urbana”, diz o diretor geral Milton Persoli.

O projeto é contemplado pela Lei Aldir Blanc (14.017/2020) e conta com apoio da Artesp, Rodovias do Tietê, Prefeitura de Hortolândia, por meio das Secretarias de Cultura e Especial da Cultura e Ministério do Turismo.

A OBRA E O AUTOR

Inspirada no conceito infinito do mar, Oceano faz referência ao infinito de possibilidades de criação e traz estética colorida, com personagens do homem com capacete de pássaro, simbolizando a liberdade do artista para brincar e criar. Do céu estão caindo os dons divinos dados ao ser humano. “Nesse período de pandemia, os artistas não puderam exercer sua arte na rua, então esse é um projeto valioso. A obra traz um acalento para esses tempos difíceis e pretende conversar com o público que passa pelo local e transmitir um pouco de alegria”, explica Pedrovisk.

Pedro Vitor Santos Machado, conhecido artisticamente como Pedrovisk, é músico, artista plástico, ilustrador, produtor e idealizador da Batalha de MC’s do Santa Rita na Pista de Skate de Hortolândia. Como artista urbano visual, dispara suas ilustrações multicoloridas em telas e murais da cidade há 15 anos. Sua estética artística visual é baseada na mescla de cores e diferentes formas, além da criação de personagens lúdicos e metáforas visuais.