Arsec divulga Pesquisa de Satisfação dos Serviços de Água e Esgoto

73

 A Arsec (Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá) acaba de  divulgar os resultados da Pesquisa de Opinião relativa ao oitavo ano da Concessão de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário na Capital.  A edição consolida os dados sobre os serviços prestados pela Concessionária Águas Cuiabá em 2020. O universo do estudo compreende usuários residenciais urbanos ligados à rede pública abastecidos  pelos Sistemas Tijucal, Sul, Central,  Ribeirão do Lipa e Distritos.

Foram realizadas cerca de 2.528 entrevistas.  A margem de erro para amostra é de 3%. O período da coleta de informações ocorreu de 28 de janeiro a 12 de  fevereiro deste ano. Para a realização da pesquisa a ARSEC contratou, por meio de licitação, a Consulting do Brasil – Consultoria & Inteligência em Negócios Governamentais.

Os usuários foram ouvidos acerca dos seguintes temas:  fornecimento de água; qualidade da água; conta de água; coleta e tratamento de esgoto; qualidade do atendimento da concessionária de água e esgoto, entre outros.

“Essa pesquisa reflete a impressão do cidadão com relação aos serviços de água e esgoto prestados em Cuiabá e é essencial para que possamos avaliar os pontos que podem ser melhorados. Por isso, a participação do consumidor é de grande contribuição para melhoria do sistema”, destaca o presidente da ARSEC, Alexandro de Oliveira.

CONFIRA ALGUNS RESULTADOS

Serviços da Águas Cuiabá

Para 62,54% dos entrevistados, os serviços prestados pela Concessionária podem ser considerados ótimo ou bom.

Com relação às obras ou ações da empresa, um total de seis em cada 10 entrevistados não constatou no último ano nenhuma obra ou ação da Concessionária nas proximidades de sua residência.

Do total de 36, 8% dos entrevistados que constaram alguma obra ou ação da Águas Cuiabá nas proximidades de sua residência no último ano, 2/3 (66,8%) informaram que houve recomposição asfáltica.

Serviços de abastecimento de água

Em relação à substituição do hidrômetro, não houve troca em 62,5% das residências no último ano. Dos 23,5% que responderam ter substituído o hidrômetro no último ano, metade alegou que o valor da conta aumentou.

Sobre a frequência com que acontece o abastecimento de água, cerca 2/3 dos entrevistados (65,1%) responderam que a água em suas residências é abastecida todos os dias, 31,6% dia sim, dia não e 2,4% a cada dois dias.

Cerca de sete em cada 10 respondentes (68,9%) afirmaram não ter constatado vazamento na rede de água na sua no último ano.

Serviços de esgoto

Com relação ao esgoto, cerca de 50,4% dos domicílios possuem rede coletora de esgoto, enquanto apenas 0,40% escorre superficialmente pela rua. Cerca de 2/3 dos entrevistados (65,5%) informaram não sentir cheiro forte de esgoto em frente de suas casas.

Confira a íntegra da pesquisa