ARSAM dá prazo para regularização de veículos que realizam transporte intermunicipal no Terminal Rodoviário de Manaus

558

O diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam), Walter Cruz, informou, na tarde desta terça-feira (12/12), que o prazo para cadastramento dos veículos que operam de forma irregular no sistema de fretamento eventual no Terminal Rodoviário de Manaus (dia 30 de janeiro de 2018) não será prorrogado. A informação foi dada durante a reunião com os membros do Sindicato dos Taxistas de Itacoatiara (Sintaxi) e da Cooperativa de Taxistas de Itacoatiara.

A reunião, que contou também com a participação do engenheiro da Arsam, Oziel Oliveira, e do assessor jurídico do órgão, Miguel Vital da Arsam, teve como pauta a discussão da regularização das frotas de táxis responsáveis pelo transporte intermunicipal de cargas e passageiros no Terminal Rodoviário.

O titular da Arsam informou que o órgão está realizando um levantamento dos veículos que operam irregularmente no sistema de fretamento eventual e que o objetivo da agência é que até o final da data estipulada, os veículos estejam com o selo de regularização, identificando ao passageiro a qualidade e segurança no serviço prestado. Nesta quarta-feira (13/12), o diretor-presidente da Arsam irá visitar a rodoviária para orientar a equipe de fiscalização do órgão que atua no local.

Fretamento eventual – É o serviço prestado a um cliente ou a um grupo de pessoas, mediante contrato, para uma viagem com finalidade específica ou turística, dentre elas transporte para excursões e viagens de turismo, traslado entre aeroportos e hotéis, city tours, eventos, passeios culturais.