Arsae-MG participa de reunião de Benchmarking promovida pela CGU

289

A Arsae-MG participou no dia 27 de maio de uma  reunião de Benchmarking – processo comparativo que analisa as melhores práticas usadas por organizações que atuam em um mesmo setor – com outras Agências Reguladoras participantes de um Programa (Qualireg) da Controladoria-Geral da União (CGU). A Agência foi convidada a apresentar o tema “Boas práticas em sistemas de TI de apoio ao processo de fiscalização”, sendo a única agência reguladora a possuir um sistema gerencial, dentre todas as participantes do projeto, que tem previsão de encerramento em setembro deste ano.

De acordo com o assessor de gabinete da Arsae-MG, Vitor Marques, o Projeto da CGU acontece desde 2017, com rodadas anuais com diferentes agências reguladoras, e em 2022 a Agência foi convidada a participar do Programa junto a outras três agências: ATR do Tocantins, MOB do Maranhão e Aresc de Santa Catarina.

“O objetivo dos trabalhos deste ano foi promover uma melhoria da Gestão de Riscos Regulatórios e de Fiscalização. Como primeira etapa do projeto as agências participantes responderam questionários que mapearam a situação atual dos processos da agência com foco na área de fiscalização. A partir daí, foi possível cruzar os dados e identificar aquelas agências que se destacavam com boas práticas não adotadas pelas demais.”,explica.

Uma das representantes da Arsae-MG na reunião foi a coordenadora de Regulação Operacional, Luciana Campos, que falou sobre os ganhos decorrentes da implementação do Sistema de Informações Regulatórias no âmbito da Agência. “Ter um sistema como o SIR permite à Agência aumentar a produtividade interna e ter uma regulação forte e transparente, com ganhos de eficiência na prestação do serviço público, conferindo mais credibilidade na entrega de dados, refletindo consequentemente em ganhos para os usuários do sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário.”, garante.

O QualiREG é um Programa de Aprimoramento da Qualidade da Regulação Brasileira, fruto de uma parceria entre a CGU – Controladoria Geral da União e o PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Tem por objetivo sensibilizar os governos e os reguladores das três esferas da federação sobre a importância da adoção de boas práticas regulatórias, além de promover na prática a melhoria da regulação e, com isso, aumentar os investimentos em infraestrutura e elevar o nível dos serviços públicos aos cidadãos.