Arsae-MG e Secretaria de Educação dão início ao Programa Regar

257

Representantes de diversas regionais de ensino, como Ouro Preto, Ponte Nova, Poços de Caldas, Pará de Minas, Conselheiro Lafaiate, Nova Era, Curvelo e regionais que compõem a região metropolitana de Belo Horizonte, dentre outras, e servidores e profissionais da área de saneamento participaram, na última terça-feira (26), do lançamento do Programa Regar – Regular e Educar, que pretende sensibilizar estudantes e profissionais da educação sobre as temáticas de saneamento, meio ambiente e regulação. O programa é fruto de uma parceria entre Arsae-MG e a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais.

O objetivo do Programa Regar é instrumentalizar os profissionais da educação para, junto aos estudantes, realizar atividades relacionadas à temática de saneamento e regulação, com o intuito de propiciar um ambiente favorável para mudanças comportamentais em crianças, jovens e adultos para o uso adequado da água.

A abertura do evento contou com a participação do governador Romeu Zema, que falou sobre a importância do projeto em um vídeo gravado previamente. Na sequência, o diretor-geral da Arsae-MG, Antônio Claret, parabenizou todos os servidores envolvidos e destacou a importância da conscientização das pessoas sobre o saneamento e o meio ambiente. Já a superintendente de Políticas Pedagógicas da Secretaria de Educação, Esther Augusta Nunes Barbosa, destacou que o programa será crescente. Ao longo da parceria, a abrangência de atuação será gradativamente ampliada. No primeiro ano serão mais de 200 escolas e no segundo ano quase 700 escolas atendidas.

No primeiro bloco do evento os participantes assistiram à palestra sobre controle social, educação e saneamento, ministrada por Ana Lúcia Vieira, especialista em educação ambiental e membro da Sanasa (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento). No segundo bloco o gerente de Informações Operacionais da Arsae-MG, Otávio Hamdan, e o analista educacional e membro do Conselho Estadual de Recursos Hídricos de Minas, Jonathan Carvalho, explicaram o que é e como vai funcionar o Programa Regar e responderam as dúvidas dos participantes.

A próxima etapa do Regar serão as capacitações para os profissionais da educação, que ocorrerão em maio. Serão contempladas neste primeiro ano as Superintendências Regionais de Ensino de Ouro Preto, Pará de Minas, Nova Era e Sete Lagoas, envolvendo 57 municípios e 215 escolas estaduais, localizadas nas bacias hidrográficas do Rio São Francisco e Rio Doce. No segundo ano, haverá expansão para mais seis regionais: Conselheiro Lafaiete, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Guanhães e Ponte Nova, levando conhecimento para mais de 105 mil alunos.

Clique para acessar mais informações sobre o Programa Regar.