Arsae-MG busca ampliar atuação com contratação de serviços especializados

70

A Arsae-MG (Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais) publicou na última quarta-feira (25/08) edital de licitação que visa a contratação, por 270 dias, de serviços especializados de apoio técnico para a execução das atividades de identificação e descrição das unidades operacionais dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em 35 municípios regulados (5,5% do total). Foram escolhidos municípios mais distantes, que não receberam fiscalização da agência e que contam com operação de ambos os serviços (água e esgoto). A expectativa é que a contratação ocorra no mês de setembro e que os serviços sejam iniciados ainda neste ano.

De acordo com o coordenador da área operacional da Arsae-MG, Henrique Barcelos, a empresa contratada será uma extensão da agência, comparecendo presencialmente nos municípios para levantamento das informações. “A contratação de serviços de apoio, executada por meio de visitas in loco, com a elaboração de diagnósticos dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, com equipe, equipamentos próprios e emissão de documento técnico, conforme metodologia desenvolvida pela Arsae-MG, proporcionará a ampliação da atuação de todas as gerências da coordenadoria técnica de regulação e fiscalização e reduzirá o tempo de resposta às demandas, trazendo um ganho direto para a sociedade,” espera.

Desde 2011, a Arsae-MG recebe e responde centenas de questionamentos relacionados à operação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário enviados pelo Ministério Público, Assembleia Legislativa, Câmaras de Vereadores, Procons, prefeituras, juízes, além da própria ouvidoria da agência. Nestes dez anos de atuação, com uma equipe reduzida, a Arsae-MG atendeu, através de dados coletados, demandas de 339 municípios, tendo sido gerados mais de mil relatórios. “Um número muito expressivo, se considerada a equipe reduzida de servidores, aquém da necessidade da agência, uma vez que até hoje temos mais de trezentos municípios mineiros que ainda não foram contemplados com ações de verificação de dados operacionais e geração de relatórios que resultariam em ações em campo por parte dos prestadores. Se der certo, pretendemos dar continuidade, ampliando assim nossa área de atuação”, afirma Barcelos.

Saiba mais e acesse o edital de licitação e a publicação do aviso de licitação