ARIS- Estudo da ARIS Demonstra a Necessidade de R$ 14,8 bilhões em Investimentos para Universalizar serviços de Água e Esgoto no Estado

386

A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento – ARIS elaborou estudo que estima serem necessários R$ 14,8 bilhões para universalizar os serviços de água e esgoto em toda Santa Catarina. Somente em Florianópolis são necessários R$ 1,5 bilhão.

Para os 198 municípios do sistema CASAN, serão necessários R$ 9,1 bilhões. Cada município, em média, necessitará de R$ 38,8 milhões para a solução dos problemas de fornecimento de água potável e esgotamento sanitário, nos próximos 25 anos. O estudo revela que a conta é maior que a inicialmente prevista pelo Ministério das Cidades para Santa Catarina que era de R$ 9,1 bilhões (Plano Nacional de Saneamento).

Segundo o diretor-geral da ARIS, Marcos Fey Probst, o estudo, feito com base nos Planos Municipais já aprovados pelo Estado, traz importantes constatações para os municípios, para os prestadores e para a própria ARIS. “Pois os valores previstos para investimento são muito significativos, necessitando a reanálise das atuais estruturas tarifárias e da própria eficiência dos serviços prestados, que apresentam custos muito elevados”, ressalta o diretor.

Para Probst o estudo revela a necessidade de grandes investimentos nas redes de abastecimento de água, fato este já identificado pelas fiscalizações promovidas pela Agência em 85 municípios do Estado e comprovado pela falta de água em inúmeros municípios nesta temporada de verão. “Água com continuidade e potabilidade é direito fundamental de cada cidadão catarinense, e a ARIS cobrará isso de todos os prestadores de serviços”, finaliza.

Clique aqui e veja o estudo completo.

 

Fonte: http://www.aris.sc.gov.br