ARCON – ARCON discute com cooperativas melhoria no transporte no sul e sudeste do Pará

641

A Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) realizou no último fim de semana, no município de Marabá, no sudeste do Estado, uma reunião com dirigentes das Cooperativas de Transporte Complementar do Sul e Sudeste, com o objetivo de ouvir as demandas do setor e conhecer a realidade do sistema de transporte nas duas regiões. Encontro semelhante já foi realizado, em Santarém, no oeste, com os representantes dos setores rodoviário e hidroviário do Baixo Amazonas. Em breve, as reuniões também serão realizadas em outras regiões.

Em Marabá, o encontro ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Agricultura, e contou com a participação de cooperados de grande parte dos municípios do sul e sudeste. O diretor geral da Arcon, Antônio Bentes de Figueiredo Neto, ressaltou a importância do trabalho organizado das cooperativas e repassou algumas diretrizes que devem ser seguidas pelos cooperados, a fim de assegurar a oferta de um serviço de qualidade na área de transporte à população.

Uma das reivindicações dos cooperados foi uma fiscalização permanente da Agência Reguladora na região, para coibir a ação de transportes clandestinos nos municípios. Hoje, a fiscalização da Arcon no sul e sudeste é feita com equipes volantes.

O diretor informou que está sendo encaminhada à Secretaria de Estado de Administração (Sead) a minuta de um projeto de lei, que entre outros temas trata da criação de gerências regionais da Arcon em polos estratégicos do Estado, com o objetivo de aproximar ainda mais o órgão da população e de suas demandas.

O documento será analisado pela Sead e depois encaminhado à Secretaria Especial de Infraestrutura (Seinfra) para, posteriormente, ser apreciado pelo governador Simão Jatene. “Com certeza, o governo verá com bons olhos a necessidade de a Arcon estar estruturada em outras regiões, o que facilitará a vida dos cooperados e da população, que não terão mais que se deslocar até Belém para resolver assuntos de seus interesses”, disse Antônio Neto.

Em Marabá, o dirigente da Arcon, juntamente com a equipe técnica, se reuniu também com o representante do Ministério Público Estadual e com o prefeito municipal, Maurino Magalhães, buscando parcerias entre os órgãos.

Fonte: ARCON

{backbutton}