Arbel faz estudo de sustentabilidade de manejo de resíduos sólidos urbanos

381

A Agência Reguladora Municipal de Belém (Arbel) realizou um estudo que traz um panorama da sustentabilidade econômico-financeira da prestação dos serviços de manejo de resíduos sólidos urbanos para o município de Belém, no período de 2010 até 2019. A publicação da agência reguladora também retrata os aspectos da receita nacional e do estado do Pará para subsidiar os serviços de manejo dos Resíduos Sólidos Urbanos.

O coordenador de Regulação Financeira e Contábil da Arbel, Danyel Ribeiro, explica que o estudo teve por objetivo traçar um diagnóstico preliminar do cenário da sustentabilidade econômico-financeira dos Serviço Público de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos (SMRSU) para o município de Belém.

“Buscamos neste estudo trazer um cenário com dados preliminares nacional e estadual afim de ter um retrato do SMRSU no país. E como resultado esperamos contribuir de forma contínua para a melhoria dos serviços tanto em sustentabilidade financeira para a qualidade e cobertura requeridas, como para o bem-estar social”, destacou.

O estudo está disponível no site da Arbel, e pode ser acessado pelo link https://arbel.belem.pa.gov.br/estudos/#