Antaq realiza audiência pública para licitação de terminais portuários

Diretor da Antaq destacou benefícios para a movimentação de celulose e veículos

494

Na tarde de terça-feira, 7, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) realizou no Teatro Rachel Costa audiências públicas com o objetivo de obter contribuições, subsídios e sugestões para o aprimoramento das minutas jurídicas e técnicas de arrendamento de dois terminais portuários. Um deles para movimentação de papel e celulose e outro de veículos. Estiveram presentes no evento representantes de empresas do ramo em Paranaguá e demais interessados no processo.

A consulta pública já estava aberta no site da Antaq para recebimento das contribuições. A próxima etapa é analisar todas as sugestões e partir para a consolidação dos documentos técnicos e jurídicos. Após esta fase, haverá o encaminhamento ao Tribunal de Contas da União e, assim que deliberado, haverá condições de licitar o edital para abertura do leilão.

Segundo o diretor da Antaq, Mário Povia, as audiências sobre os dois terminais portuários ocorreram de forma simultânea. “A audiência faz parte de um procedimento que é prévio ao encaminhamento dos estudos ao Tribunal de Contas da União e é preparatório para a licitação propriamente dita”, afirmou.

A escolha das empresas deverá ser por leilão, que ainda não tem data definida para ser realizado. “Temos uma série de fatores até o leilão, como a análise no TCU. Temos agendados um leilão de dois terminais em Santarém e depois um de trigo no Rio de Janeiro, os dois primeiros na Bovespa e o outro na Antaq”, contou o diretor.

Leia a matéria completa em: https://goo.gl/GoUKis.