ANTAQ realiza audiência pública de terminal em Santana

536
Imagem: ANTAQ

A ANTAQ realizou, no dia 18 de julho, audiência pública presencial como parte do processo de consulta pública para obter contribuições, subsídios e sugestões para o aprimoramento das minutas jurídicas e técnicas (edital de licitação, contrato de arrendamento, documentos técnicos e seus respectivos anexos) necessárias à realização de certame licitatório referente ao arrendamento do terminal portuário destinado à movimentação e armazenagem de cavaco de madeira, localizado na poligonal do Porto Organizado de Santana, denominado MCP01.

O evento ocorreu em Macapá e contou com a presença da comunidade e de representantes da Companhia Docas de Santana (CDSA), da Marinha do Brasil, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e de empresas que operam no Porto de Santana.

A área total do arrendamento em Santana possui 22.153 m². As atividades a serem desempenhadas pela futura arrendatária consistem na movimentação e armazenagem de granéis sólidos de origem vegetal, especialmente cavaco de madeira. A movimentação mínima exigida, a partir do segundo ano de vigência do contrato, será de 659 mil toneladas, chegando a 774 mil toneladas ao final do prazo de vigência do contrato, de 25 anos, prorrogável sucessivas vezes até o limite de 70 anos, conforme a legislação atual. Os investimentos previstos são de R$ 40,5 milhões e o arrendamento aportará receitas mensais à CDSA da ordem de R$ 220 mil.

Leia mais aqui.