Aneel recebe sugestões de modelos regulatórios para inserção de RED

34

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) abre nesta quinta-feira (24/6) a Tomada de Subsídios 11/2021 para receber propostas de modelos regulatórios para inserção de recursos energéticos distribuídos (RED), como o armazenamento de energia, veículos elétricos e resposta da demanda, além de microrredes, e usinas virtuais. São novas tecnologias surgidas na era digital destinadas a facilitar a utilização de energia e a integração dos consumidores com as redes de distribuição. O tema integra a Agenda Regulatória da Aneel 2021/2022.

A Tomada de Subsídios terá um prazo de 90 dias – que vai até dia 24 de setembro – para o envio de contribuições através de formulário eletrônico, disponível no link bit.ly/3d4tx7V. Serão coletadas informações e impressões de consumidores e agentes do mercado de energia que irão subsidiar as decisões da Agência sobre o uso dessas tecnologias. Os documentos que dão suporte a esta etapa de consulta à sociedade estão disponíveis em www.aneel.gov.br/tomadas-de-subsidios.

Essas inovações, utilizadas primeiramente em países desenvolvidos, começaram no Brasil com a geração distribuída, por meio da Resolução Normativa nº 482, de 17 de abril de 2012, com destaque para a geração solar fotovoltaica, que ultrapassou a marca de 6 GW de potência instalada, em dados de junho de 2021.

Segundo a Nota Técnica nº 0076/2021-SRD/ANEEL, os RED têm o potencial de alterar a tradicional lógica de planejamento centralizado da expansão e operação das redes de distribuição, trazendo o consumidor para o centro da questão e inserindo novas camadas de complexidade para a gestão do setor elétrico.