Ancine aprova editais do Novo FSA para as distribuidoras independentes

52

A Diretoria Colegiada da ANCINE aprovou na reunião desta quinta-feira, 10 de março, mais dois editais do Plano de Ação do Novo FSA. As duas chamadas públicas disponibilizam 91,6 milhões em recursos a serem acessados pelas distribuidoras brasileiras independentes. Com estes, chegam a seis os editais anunciados, perfazendo um total de R$ 363,2 milhões em investimentos para a atividade audiovisual.

Uma das chamadas é para a seleção de projetos de longas-metragens de ficção, documentário ou animação, apresentadas pelas distribuidoras, no valor de R$ 61,6 milhões, sendo R$ 50 milhões para investimentos na produção e R$ 11,6 milhões para investimentos na fase de comercialização. Os projetos podem estar em qualquer etapa de produção e o limite de investimento por projeto foi fixado em R$ 5 milhões.

O outro edital, no valor total de R$ 30 milhões, é destinado a investimentos na produção audiovisual, com base no desempenho comercial das distribuidoras. Os recursos do FSA serão investidos na produção de obras cinematográficas de longa-metragem brasileira independentes, dos tipos ficção, animação ou documentário.

Para o cálculo da pontuação de desempenho da distribuidora, será considerada a receita bruta de bilheteria, auferida pela exploração comercial de obras audiovisuais no mercado de salas de exibição dos últimos quatro anos (de 2018 a 2021). Poderá ser destinado a cada projeto, no mínimo R$ 250 mil e, no máximo, R$ 5 milhões.

Em ambas as chamadas públicas será respeitada a indução regional de, no mínimo 30% dos recursos para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste; e no mínimo 10% para a região Sul e para os estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Os dois editais já foram publicados e os documentos estão disponíveis nos sites do FSA e do BRDE (edital cinema via distribuidoras e edital desempenho comercial). As inscrições serão abertas no dia 9 de maio para as duas chamadas públicas e se encerram no dia 24 de junho no edital de desempenho comercial e no dia 8 de julho no edital de produção via distribuidoras.