ANA – Projetos de Capacitação de Agentes Gestores Apresentam Resultados na ANA

548

Representantes dos projetos selecionados para o Edital MCT/CNPq/CT-Hidro/ANA nº 15/2010 apresentaram na sede da Agência Nacional de Águas – ANA, em Brasília, os resultados obtidos com os R$ 5 milhões disponibilizados para ações de capacitação de agentes gestores na área de recursos hídricos. Os trabalhos foram mostrados, entre 20 e 21 de novembro, durante o Seminário de Apresentação dos Resultados dos Projetos de Capacitação de Agentes Gestores em Recursos Hídricos.

A ANA promoveu o evento com o intuito de conhecer com maior profundidade os resultados e impactos das ações realizadas nos estados selecionados pelo Edital, o intercâmbio de experiências entre os selecionados, o estímulo de parcerias entre as instituições que foram selecionadas e a avaliação do instrumento edital em si. Dos R$ 5 milhões, a Agência Nacional de Águas entrou com R$ 2 milhões e o Fundo Setorial de Recursos Hídricos (CT-Hidro) investiu os R$ 3 milhões restantes.

De acordo com Celina Ferreira, especialista em recursos hídricos da ANA, um edital como este pode contribuir para resolver o gargalo da insuficiente mão de obra especializada em recursos hídricos nos estados. “O Seminário é estratégico para o fortalecimento dos estados para a gestão de recursos hídricos, pois estimula a formação de um quadro de pessoal nessa temática”, afirma.

Com o Edital MCT/CNPq/CT-Hidro/ANA nº 15/2010 as instituições selecionadas para receber os recursos ganham três vezes. Um dos benefícios é a possibilidade que os órgãos gestores têm de trazer bolsistas de fora para desenvolver produtos de extensão tecnológica na área de gestão de recursos hídricos. Outra vantagem é poder enviar a força de trabalho para estágios e treinamentos fora do estado. O terceiro benefício é poder capacitar o quadro do órgão juntamente com os bolsistas selecionados.

Segundo o superintendente de Recursos Hídricos da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh), Roberto Lôbo, o Edital foi fundamental para dar sequência ao trabalho da ANA junto à Secretaria para montagem da Sala de Situação de Alagoas e da rede de monitoramento estadual. “Com o Edital conseguimos ampliar a rede e montá-la, integrando os conhecimentos dos bolsistas (um meteorologista, um geógrafo e um analista de sistema) e dos técnicos da Semarh”, destaca.

Fonte: http://www2.ana.gov.br