ANA – Agência participa do 5º Fórum Mundial do Rio Amarelo, na China

501

A convite do Ministério de Recursos Hídricos da República Popular da China, a Agência Nacional de Águas – ANA participou do 5º Fórum Mundial do Rio Amarelo, entre 21 e 30 de setembro, em Zhengzhou, na China.

Representada pelo diretor-presidente, Vicente Andreu, e pelo superintendente de Planejamento de Recursos Hídricos, Ney Maranhão, a ANA participou de visitas técnicas e apresentou temas da agenda brasileira e internacional da gestão dos recursos hídricos durante o Encontro de Líderes da Água, onde Andreu falou sobre capacidade de regularização de vazões, pagamento por serviços ambientais aplicado a recursos hídricos e governança internacional da água. Durante o Fórum, Maranhão apresentou o Plano Estratégico de Recursos Hídricos da Bacia Amazônica – Afluentes da Margem Direita (PERH-MDA).

A viagem incluiu ainda visitas à hidrelétrica de Três Gargantas, na região do rio Yangtzé, e ao lago Taihu, no delta do Yangtzé. Três Gargantas é a maior usina hidrelétrica do mundo em potência instalada. Lá, foi feita uma apresentação sobre os usos múltiplos da usina (controle de cheia, navegação e energia). No lago Tai Hu, os visitantes da ANA conheceram um projeto piloto para sua despoluição. A vista integra ações do memorando de entendimento entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA) brasileiro e o Ministério de Recursos Hídricos da China, de abril de 2011.

Sobre aumento da capacidade de reservação de água, o diretor-presidente da ANA chamou a atenção para o fato de haver uma percepção, identificada pelo ex-ministro de Minas e Energia Francisco Gomide, de criminalização da idéia de construção de grandes reservatórios no Brasil,  motivada pela dificuldade encontrada para licenciamento de grandes obras, principalmente na Amazônia.

Lei mais:

Fonte: http://www2.ana.gov.br