Agepan antecipa em seis meses relatório do primeiro ciclo do Acertar

7

A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) concluiu e entregou à Sanesul o relatório do primeiro ciclo do programa Acertar, que permite a auditoria e certificação dos dados referentes à empresa comunicados no Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). A Agepan é uma das agências pioneiras na implantação dessa metodologia. O trabalho contou com a inovação da auditoria remota, em função de restrições impostas pela pandemia.

O diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis, e os coordenadores da Câmara de Regulação Econômica de Saneamento e da Câmara Técnica de Saneamento, Iara Marchioretto e Leandro Caldo, receberam representantes das áreas de administração e planejamento da Sanesul para a entrega do relatório. Com a avaliação, a companhia pode verificar as recomendações apontadas e apresentar um Plano de Melhorias para pontos que precisarem de evolução.

“Estamos muito satisfeitos em estar entre as primeiras agências a entregar o resultado desse primeiro ciclo, com antecedência de seis meses do prazo, que é dezembro”, destacou o diretor-presidente da Agepan. “Eu conheço bem a empresa, sei do comprometimento com a qualidade e tenho certeza que, além dos itens apontados que já estão em bons níveis, esse trabalho vai ajudar muito a gestão na busca da excelência. Como regulador, a Agepan é parceira para ajudar a melhorar o serviço que é entregue aos nossos usuários”, frisou.

PARCERIA COM A ABAR

Realizado no âmbito do Programa de Desenvolvimento do Setor Água – Interáguas, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), o Acertar é resultado da parceria com a ABAR (Associação Brasileira de Agências de Regulação) e tem a Agepan como uma das agências estaduais pioneiras. A iniciativa aprimora a gestão das informações dos prestadores de serviços de saneamento incluídas no SNIS, que agora podem ser auditados, de fato, e contribuir para o trabalho de regulação e melhoria da prestação do serviço no País. Considerando que as agências se apoiam no Sistema para suas atividades de regulação e fiscalização, é muito relevante que esses dados sejam precisos.

O método desenvolvido no Projeto Acertar é composto pelas etapas de Mapeamento de Processos, Identificação de Riscos, Avaliação de Confiança e Avaliação de Exatidão, terminando na etapa de Certificação. Iniciado há cerca de dois anos, o projeto envolveu atividades de formação, qualificação, workshops e treinamentos. Em outubro de 2020, a Agepan deu início aos trabalhos de Auditoria e Certificação, realizados com equipe própria das duas Câmaras integrantes da Diretoria de Saneamento Básico.

“Foi um grande desafio, um trabalho inédito, em meio às restrições provocadas pela pandemia. Pela primeira vez foi feita uma auditoria remota, e a Sanesul, tanto Diretoria quanto equipe, nos acolheu, entregou a documentação necessária, fez os testes de controle”, agradeceu a coordenadora Iara.

Foto: Cleidiomar Barbosa / Agepan

COMPROMISSO COM A INFORMAÇÃO

A gerente de Desenvolvimento Empresarial da companhia, Márcia Helena Santana, destacou que antes do início da ação da Agepan, coordenadores e gerentes foram capacitados e isso fez com que a metodologia e a responsabilização fossem bem compreendidas internamente. “Capacitamos profissionais da área operacional, da engenharia e comercial e isso favoreceu o entendimento com a Agepan. Quando a Agência solicitou as informações de forma gradual, nos facilitou muito”.

Para o diretor de Administração e Finanças da Sanesul, André Luis Soukef, a auditoria promovida pelo Acertar vai beneficiar o serviço de saneamento para o País como um todo, com a uniformidade das informações de todas as companhias e a possibilidade de se fazer comparativos para avaliação e melhoria. “A Sanesul sempre teve compromisso com as informações que passa, mesmo antes desse novo sistema, e temos a meta permanente de ser referência. Vislumbramos grandes avanços”, disse.

A reunião de entrega do relatório de auditoria e certificação contou também com as participações do assessor da Presidência da Sanesul, Edgar Afonso Bento, e do assistente da Câmara Técnica de Saneamento da Agepan, Alisson Peixoto.