Agenersa determina que Ceg Rio suspenda cortes de gás em Petrópolis

17

Para contribuir com os esforços para recuperação econômica e social de Petrópolis, na Região Serrana do Estado do Rio, a Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio (Agenersa) determinou que a Concessionária Ceg Rio suspenda cortes do serviço de gás canalizado – exceto em caso de risco de acidente – no município e parcele faturas vencidas em 12 meses sem juros para clientes residenciais. As medidas fazem parte da Resolução nº 786, de 18 de fevereiro de 2022, publicada no Diário Oficial Estadual desta terça-feira (22/02) e vai durar enquanto o município permanecer em Estado de Calamidade Pública.

A Agenersa abriu processo regulatório específico para acompanhar os procedimentos da concessionária de gás canalizado em Petrópolis, que vem sendo castigada por fortes chuvas desde o último dia 15 de fevereiro, e determinou ainda que a Ceg Rio, empresa do grupo Naturgy, mantenha atendimento local para emergências 24 horas por dia.

Além disso, a concessionária deve informar aos consumidores que tiverem o abastecimento dos seus imóveis interrompidos, identificando cada caso com sua respectiva justificativa sobre a causa do corte, e, caso haja necessidade de recuperação de instalações internas de usuários afetados pelos desabamentos, a concessionária pode executar o serviço contabilizando seus custos de forma segregada dos demais, com registro fotográfico, permitindo plena fiscalização da Agenersa para o reconhecimento da obra em revisão tarifária futura.