Agência Tocantinense de Regulação tem novos presidente e vice-presidente

17

O advogado Stalin Juarez Gomes Bucar é o novo presidente da ATR (Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos). Ele foi nomeado pelo Governador, Wanderlei Barbosa, que também escolheu para a vice-presidência da agência o tecnólogo Wesley Rodrigues Silva, especialista em Gestão Pública.

Natural de Tocantínia (TO), Stalin Bucar disse que tem como propósito trazer maior visibilidade para a Agência em sua gestão. “Fazer o que a lei permite para facilitar as vidas das pessoas que estão envolvidas com o processo da ATR”, afirma.

Stalin Bucar / Foto: Ravena Santiago

Bucar nasceu em 1954. Foi Prefeito da cidade de Miranorte do Tocantins por três mandatos, além de Deputado Estadual também por três mandatos. Atuou como Superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Estado de Goiás, respondendo pela Unidade do Ibama Tocantins.

Também foi presidente do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Presidente da Superintendência Lotérica do Estado do Tocantins (Lotins) e Presidente do Grupo de Empreendimentos em Transportes Urbanos Rodoviários LTDA (Getur).

A presidência da ATR é a autoridade superior da Agência e tem como principal atribuição, ser o interlocutor e mediador entre os três públicos, Governo do Tocantins, permissionários e prestadores de serviços de transportes e saneamento, bem como os servidores da pasta. Compete ao presidente ouvir as demandas e conduzir de forma que resulte na solução mais pertinente, dentro das normas e resoluções da Agência. Trata-se, portanto, de um representante de múltiplas funções à frente da Autarquia.

Natural de Uruaçu (GO), Wesley Rodrigues Silva nasceu em 1972, residiu em Nova Olinda (TO) grande parte de sua vida e mora em Palmas, a capital tocantinense, desde março de 1991. Possui vasta experiência frente às associações e cooperativas de transporte intermunicipal de passageiros do Estado do Tocantins.

Wesley Rodrigues / Foto: Ravena Santiago

“Buscamos melhorar os serviços públicos delegados à Agência, principalmente em relação ao sistema de transporte rodoviário intermunicipal”, afirma o vice-presidente. “Isso será benéfico tanto para os usuários do transporte quanto para a ATR e, também, para os permissionários e concessionários.”

Compete ao vice-presidente exercer suas atividades lado a lado com a presidência, discutir as pautas pertinentes e juntos, criar as melhores formas dessas áreas executarem seus serviços para o usuário tocantinense. Na ausência do Presidente, o Vice Presidente fica a frente da Agência, mas sempre tomando decisões em comum acordo com o titular da Pasta.