Agems acompanha entrega de nova subestação de energia em Campo Grande

69

Mais uma instalação entra para o sistema de distribuição de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, fiscalizado pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (AGEMS). Inaugurada na sexta-feira (25) pela Energisa MS, a subestação Progresso deverá melhorar a qualidade do fornecimento em Campo Grande. O diretor de Gás e Energia da Agência, Valter Almeida da Silva, participou da entrega da obra, que eleva em 10% a capacidade energética na Capital.

O diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis, visitou as instalações durante as obras, em julho de 2021, quando conheceu detalhes do empreendimento e os impactos positivos que terá no serviço.

“É uma unidade importante para a qualidade da energia que chega aos consumidores de Campo Grande e a AGEMS tem papel fundamental na checagem desse atendimento, analisando o cumprimento dos indicadores DEC e FEC, sobre a duração e a frequência das interrupções”, explica Valter Silva.

Responsável pela fiscalização dos serviços de energia em Mato Grosso do Sul, por delegação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a AGEMS acompanha de perto os investimentos feitos para ampliação e melhoria da distribuição, uma das vertentes das atividades fiscalizatórias desenvolvidas regularmente. O impacto previsto na estabilidade, no incremento de qualidade no sistema com a nova Subestação será posteriormente avaliado nas futuras fiscalizações.

Localizada no Jardim Paulista, região sul da Capital, a nova subestação amplia a capacidade de atendimento de Campo Grande em 12%, de 727 MW para 817 MW, e assim contribui para melhoria na qualidade de fornecimento de energia elétrica, além de trazer crescimento para a região.

A Energisa Mato Grosso do Sul informou que investiu R$ 45,7 milhões no empreendimento, que tem 90 MW de potência instalada. A previsão é de atender cerca de 33 mil unidades consumidoras, com a estimativa de 81 mil habitantes.