ADASA promove palestra sobre ecologia do Lago Paranoá

787

A Adasa (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF) promoveu nesta quarta-feira (8) a palestra “Subsídios da pesquisa ecológica para gestão do Lago Paranoá”, ministrada por Mauro Lambert Ribeiro, gerente do Centro de Estudos Ambientais do Cerrado do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O pesquisador falou dos estudos desenvolvidos sobre a ecologia de peixes e outros organismos existentes no Lago Paranoá, utilizando como estudo de caso dados sobre a bacia do rio Paranoá, em seus três compartimentos (tributários a montante; Lago Paranoá e reservatórios de Santa Maria e do Torto; rio Paranoá a jusante).

O ponto-chave da palestra foi a necessidade de interação entre a política ambiental e a política de recursos hídricos, promovendo reflexões a partir de uma visão ecossistêmica, analisando desde a qualidade da água até os possíveis riscos à biodiversidade. “O mito da abundância das águas precisa ser superado e o tema da segurança hídrica tornou-se vital para as pessoas e para a economia, num contexto de incertezas climáticas”, afirmou Ribeiro.  


Captação hídrica

Em outubro foi iniciada a captação de água do Lago Paranoá para abastecimento da população. Por isso, a Adasa reforça a importância desse estudo, a fim analisar e determinar a vazão ecológica do lago, garantindo a manutenção dos ecossistemas aquáticos e a qualidade da água que será distribuída aos brasilienses.