ADASA – Orla do Lago Descoberto Ganha Área de Proteção Vegetal

507

Até o final deste ano a orla do lago Descoberto terá recebido o plantio de 139 mil árvores nativas do cerrado, criando uma faixa de proteção de 125 metros numa área de 1,3 mil hectares.  O projeto “Descoberto Coberto”, criado em 2009, prevê em sua primeira etapa –abrangendo a área do DF- o plantio de 150 mil mudas financiado com recursos oriundos de multas e compensações ambientais e florestais pagas por empreendedores de Brasília.

Estão previstas para 2013, além da continuação do florestamento, ações de educação ambientais voltadas aos chacareiros da região para garantir a recuperação e proteção da vegetação nativa da área, indispensável à manutenção do lago.

O projeto, implementado por órgãos dos governos federal e distrital, tem a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal – ADASA como gestora, e a participação  dos moradores para a melhoria das condições de uso do solo e dos recursos hídricos.

Apesar dos mecanismos legais de proteção, os órgãos responsáveis pela gestão das águas do Sistema Integrado do Rio Descoberto detectaram nos últimos anos o aumento do grau de degradação da bacia. Problemas ambientais como processos erosivos generalizados, impermeabilização do solo nas áreas urbanas, desmatamentos nas áreas de entorno, invasões das margens dos recursos hídricos por atividades agrícolas, além da expansão desenfreada da cidade de Águas Lindas exigiram do GDF a criação do projeto de recuperação da área, iniciado em 2009.

O entorno do Lago do Descoberto é ocupado por chácaras voltadas à produção de hortifrutigranjeiros e por reflorestamento de pinus e eucaliptos. Além disso, as pressões socioambientais, tais como especulação imobiliária, invasões, presença de animais, despejo de lixo, erosões, desmatamentos e destruição das cercas de proteção existentes, geram um impacto direto sobre o Lago.

O Rio Descoberto é o maior manancial de abastecimento do Distrito Federal (DF) e contribui com 99% da produção do principal sistema de geração de água para abastecimento público da região. A área de influência desse rio é extensa e possui uma forte ocupação humana, responsável por gerar pressões sobre o Sistema Integrado do Rio Descoberto, que abastece cerca de 66% da população do Distrito Federal.

O processo de recuperação do Descoberto é executado por um Grupo de Trabalho formado por técnicos da ADASA, CAESB, TERRACAP<ibram, secretaria=”” da=”” agricultura,=”” instituto=”” chico=”” mendes=”” e=”” a=”” associação=”” dos=”” produtores=”” protetores=”” bacia=”” do=”” descoberto.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação/ADASA