ADASA – O Papel da ADASA na Gestão dos Recursos Hídricos e do Lixo do DF

696

O Diretor Presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal – ADASA, Vinicius Benevides, disse ontem (25/10), durante participação no quarto seminário “Pensar Brasília”, promovido pelo Correio Braziliense, que o modelo de gestão da água atualmente utilizado no DF é um dos mais modernos do mundo e que está sendo expandido com apoio técnico de instituições francesas e alemãs, os mais modernos do mundo.

O crescimento contínuo do lixo e a preocupação com a quantidade e a qualidade de água no DF, problemas que ameaçam o futuro do DF,  foram os temas dos debates, que contou com a participação efetiva de membros da sociedade interessados nos assuntos.

Vinicius anunciou que o Governo do Distrito Federal está finalizando entendimentos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID para implantar o programa Brasília Sustentável II, que terá importantes impactos na preservação dos recursos hídricos. Ele adiantou que o governador Agnelo Queiroz deverá assegurar a prioridade do projeto junto ao BID, ainda este ano, durante visita aos Estados Unidos.

O Brasília Sustentável II terá como objetivos, além da melhoria da qualidade dos recursos hídricos, o tratamento dos resíduos sólidos com o financiamento do novo aterro sanitário, encerramento e recuperação do lixão do Jóquei e a urbanização e o saneamento básico do condomínio Por do Sol. Os investimentos previstos, para cinco anos, são da ordem de USD 150 milhões.

Vinicius registrou o importante papel de gestora dos recursos hídricos no DF exercido pela ADASA, salientando a participação da sociedade no processo via Comitês de Bacias Hidrográficas e na expansão da educação ambiental realizado junto às escolas em Brasília. “Operamos na solução dos problemas de hoje e prevenimos o futuro, para que eles não se repitam”, concluiu o Diretor Presidente da ADASA.

Fonte: http://www.adasa.df.gov.br