ADASA – Apoia a Reintegração de Presidiários

460

Funcionando desde 2008 na Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal – ADASA, o Programa Reintegra Cidadão, da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso – FUNAP, já proporcionou  a reintegração à sociedade de 35 presidiários, que passaram para o regime aberto ou ganharam a liberdade após o cumprimento de suas penas.

Segundo o Superintendente de Administração e Finanças, Leosmar Litran, muitos desses presidiários, por  indicação da ADASA, ao ganhar a o regime aberto foram contratados por prestadores de serviços da agência, passando a ter todos os direitos trabalhistas e uma sensível melhora na qualidade de vida. Recebem mensalmente  um salário mínimo para uma jornada de oito horas de trabalho.

Há 30 dias trabalhando na ADASA, Helen Cristina vê a oportunidade do trabalho como uma grande vantagem para o presidiário, que se reintegra à sociedade, exerce aprendizados em diversas áreas produtivas e, principalmente ganha conhecimento. A partir do momento em que passa para o regime aberto, o presidiário pode escolher onde e como quem quer trabalhar.

Fonte: Assessoria de Comunicação/ ADASA