ABAR é candidata a novo mandato no board do Conselho Mundial da Água

217
O presidente Vinícius Benevides representou a ABAR na última reunião do board de Governadores do Conselho Mundial da Água (WWC), no Egito

A ABAR (Associação Brasileira de Agências de Regulação) formalizou, no início de outubro, sua candidatura a ocupar por mais três anos um dos 35 assentos do board de Governadores do Conselho Mundial da Água (World Water Council – WWC). As candidaturas apresentadas por associados do WWC foram um dos temas discutidos durante a 79ª reunião do colegiado, na qual a ABAR foi representada pelo presidente Vinícius Benevides. O encontro foi realizado na cidade do Cairo, capital do Egito, nos dias 15 e 16 de outubro.

Embora o Conselho seja composto por cerca de 400 entidades, apenas 35 delas compõem o board de Governadores, cujos integrantes são eleitos por seus pares para mandatos de três anos em cinco colégios diferentes. ABAR, Sabesp e Adasa-DF são as três organizações brasileiras com assento atualmente, em diferentes colégios. A ABAR integra o colégio composto por organizações não-governamentais.

A próxima eleição para o board será realizada durante a Assembleia Geral do WWC marcada para dezembro, em Paris. “Durante a reunião no Cairo foi possível fazer contatos importantes para que a candidatura da ABAR seja bem-sucedida”, comentou o presidente Vinícius Benevides. Ele lembrou que o colegiado eleito terá participação ativa na preparação do próximo Fórum Mundial da Água, marcado para 2024, em Bali, na Indonésia. “É muito importante para a ABAR integrar o Conselho e, especialmente, o board de Governadores, já que o WWC aborda todas as questões que envolvem o uso da água, como saneamento, irrigação, energia, e nossas associadas atuam em todos estes setores.”

Como ocorre em todas as reuniões, o Conselho aprovou a entrada de novos membros e oficializou a troca de alguns representantes no board, entre eles o suplente da Adasa-DF. O titular da Adasa no colegiado é o presidente da agência, Raimundo Ribeiro. Na suplência, antes ocupada pelo diretor Jorge Werneck, está agora o diretor Félix Palazzo.

Também participaram da reunião, na qualidade de observadores, representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA).