Artesp faz campanha de combate à dengue nas rodovias paulistas 

1

Para combater a proliferação do mosquito da dengue neste período de chuvas, a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e as 20 concessionárias de rodovias paulistas estão promovendo, até 7 de março, campanha para conscientizar os usuários no descarte correto de lixo nas rodovias paulistas. O objetivo da ação é preventivo e pretende evitar que o lixo jogado nas rodovias possa se transformar em criadouros para as larvas do mosquito.

Dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo mostram que, somente neste ano, foram registrados 3.828 casos confirmados de dengue até 13 de fevereiro. Dessa forma, apesar de todo esforço estar centrado no combate à pandemia coronavírus, é importante manter o alerta para a prevenção contra a dengue e a proliferação do mosquito depende da conscientização das pessoas.

A campanha de combate à dengue nas rodovias concedidas será composta por mensagens de orientação nos 388 painéis de mensagens variáveis que estão espalhados nos 11,3 quilômetros de malha concedida. A campanha terá reforço nos canais de comunicação e redes sociais da agência e das concessionárias, com publicação de posts com mensagens educativas.

Na quarta-feira, 03/3, as equipes das concessionárias farão um mutirão de limpeza para reforçar a conscientização dos usuários a não jogar lixo nas rodovias. Durante a ação, serão recolhidos resíduos descartados às margens das rodovias e também atuação nas bases de atendimento aos motoristas e áreas de descanso para caminhoneiros nas estradas.

Além de sujar as vias e favorecer a formação de criadouros das larvas do mosquito da dengue, os resíduos jogados indiscriminadamente nas vias e nos acostamentos das rodovias causam impactos negativos ao meio ambiente e trazem riscos à segurança dos próprios motoristas com a ocorrência de acidentes, dependendo do tipo de material jogado.

Parceria – A ARTESP e as concessionárias de rodovias firmaram parceria com o instituto Limpa Brasil para apoiar o mapeamento nacional dos pontos viciados de descarte irregular de lixo.  A partir do mapeamento na malha concedida paulista, as concessionárias vão promover a limpeza, manutenção e fiscalização das áreas sob seu domínio. Outros pontos mapeados fora da área de atuação das concessionárias, mas que ficam nos acessos às cidades e às comunidades lindeiras, serão foco de campanhas de conscientização para evitar o descarte incorreto do lixo por parte do Instituto Limpa Brasil.

De acordo com o instituto Limpa Brasil, há vários pontos viciados de lixo pelas cidades brasileiras, que são locais de descarte irregular, como entulho (restos de construção) e móveis velhos, causando graves impactos ao meio ambiente e à sociedade.  Para ajudar no mapeamento, basta acessar o aplicativo Qzela,  criar uma ocorrência na categoria #EuCuidodoMeuQuadrado > Descarte Irregular de Lixo, tirar fotos ou gravar um vídeo do ponto viciado e indicar o local no mapa. Mais informações podem ser obtidas no site www.limpabrasil.org/eucuidodomeuquadrado/pontosviciados.