ANEEL apresenta ao Congresso ações e investigações sobre Amapá

4
André Pepitone, diretor geral da ANEEL, em apresentação ao Congresso / Foto: Saulo Cruz

A ANEEL compareceu nesta terça-feira (17/11) a reunião virtual da Comissão Mista do Congresso Nacional que acompanha medidas de enfrentamento à Covid-19 para falar do blecaute que afeta o estado do Amapá. A agência foi representada pelo diretor-geral, André Pepitone, que respondeu a perguntas de senadores e deputados, além do público que enviou perguntas pela internet.

Pepitone foi enfático ao dizer que a ANEEL, juntamente com o Ministério de Minas e Energia, está apoiando as medidas para normalizar a situação no Estado. “Antes de uma questão técnica, é uma questão social. A ANEEL apoia, com equipe atuando em Macapá, desde as primeiras horas do blecaute, todas as medidas que estão sendo tomadas pelo Setor Elétrico que visam promover o pronto restabelecimento do suprimento de energia no Estado do Amapá. Quero deixar claro aqui que a prioridade é resolver o problema das pessoas”, disse.

Pepitone explicou também aos parlamentares que a fiscalização da ANEEL no setor de transmissão ocorre continuamente e tem por base o monitoramento de indicadores de desempenho das transmissoras, estabelecidos nos Procedimentos de Rede, e do desempenho dos equipamentos e das linhas de transmissão do SIN.

O modelo está alinhado às melhores práticas nacionais e internacionais, tendo como referências a Receita Federal, o Banco Central, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE, entre outros. “Não descansaremos até que o povo amapaense tenha restabelecido a totalidade do suprimento de energia elétrica, as responsabilidades dessa interrupção sejam devidamente apuradas e as penalidades aplicadas”, disse Pepitone.

O diretor reforçou aos parlamentares que a ANEEL investigará a fundo o ocorrido no Amapá. ”Vamos apurar com todo o rigor a responsabilidade dos atores envolvidos.Não vamos apurar somente as causas da falta do serviço de energia no Amapá e apresentar as medidas corretivas, vamos também apurar responsabilidades e aplicar punição”, disse

Leia aqui a matéria completa.