ANEEL apoia MME em ações para restabelecer energia no Amapá

11
André Pepitone, diretor-geral da ANEEL, em visita a Macapá com o Ministro Bento Albuquerque / Foto Saulo de Vargas

Com equipe atuando em Macapá, a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) vem apoiando todas as medidas do governo federal para promover o pronto restabelecimento do suprimento de energia no Amapá. A Agência também adota todas as providências para apurar as responsabilidades dos atores envolvidos.

“A preocupação de todos nós é restabelecer a normalidade do suprimento no estado, entretanto também atuamos para que as causas desse episódio sejam devidamente levantadas, analisadas e comprovadas, permitindo, a partir de sua correta identificação, que as medidas corretivas apropriadas sejam implantadas”, afirmou esta manhã o diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, vice-presidente federal da ABAR. “Vamos apurar com todo o rigor a responsabilidade dos atores envolvidos. E esse aprendizado, além de punir eventuais culpados, aumentará nosso conhecimento sobre o sistema, evitando que situações como essa se repitam.”

Em infográfico publicado em seu site, e reproduzido abaixo, a ANEEL  explica os procedimentos adotados em casos de grave perturbação do sistema elétrico, como o do Amapá. A Agência informa que tem atuado para encurtar todos os prazos regimentais. Neste sentido, o ONS antecipou para esta terça, dia 10, a reunião para Análise da Perturbação (item 2 do cronograma do Infográfico, passo importante no processo de apuração a ser conduzido pela ANEEL).

Sobre a decisão da Justiça para que a ANEEL apresente as informações sobre a fiscalização do contrato de concessão, a Agência informa que enviará as respostas dentro do prazo solicitado.

No último sábado, 7/11, o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, anunciou o restabelecimento de 65% da energia elétrica no Amapá. O ministro e o diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, estiveram em Macapá para acompanhar de perto as ações que vêm sendo implementadas com vistas à normalização do fornecimento de energia, após o apagão ocorrido na terça-feira (3/11), causado por um incêndio na subestação de Macapá.