ADASA promove debate sobre recarga artificial de reservatórios subterrâneos

456

A minuta de resolução para definir as diretrizes de sistema de recarga artificial dos reservatórios subterrâneos de Brasília será apresentada em audiência pública da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa-DF), na terça-feira (20).

O encontro ocorrerá das 9 às 12 horas, no Auditório Humberto Ludovico, na sede da autarquia, na antiga Rodoferroviária.

Segundo a coordenadora de Regulação da Adasa, Érica Yoshida de Freitas, o objetivo é mostrar à população modelos aplicáveis — serão apresentados três — para o reabastecimento dos aquíferos com a captação de água da chuva.

“Diariamente se retira água dos reservatórios subterrâneos, é interessante que se tenha esse retorno”, justifica Érica.

As propostas referem-se à consultoria técnica prestada para a agência reguladora pelo geólogo José Elói Guimarães Campos, professor doutor do Instituto de Geociências da Universidade de Brasília (UnB). O estudo está no site da Adasa.

De acordo com os dados técnicos, nem todos os terrenos no Distrito Federal são propícios para o uso desse sistema de recarga artificial dos aquíferos.

A audiência pública visa coletar informações adicionais e contribuições da sociedade para o assunto.

Sugestões on-line podem ser enviadas pelo e-mail ouvidoria@adasa.df.gov.br até as 17 horas de 2 de março.


Audiência pública sobre sistema de recarga artificial de reservatórios subterrâneos do DF
20 de fevereiro (terça-feira)
Das 9 às 12 horas
No Auditório Humberto Ludovico, na Adasa (antiga Rodoferroviária)
Mais informações: (61) 3961-4900 ou no site da Adasa
Sugestões para a minuta de resolução das diretrizes: pelo e-mail ouvidoria@adasa.df.gov.br, até as 17 horas de 2 de março