Workshop na FGV CERI recebe palestra de Vanessa Schmitt (AGIR-SC)

345
Na foto, Hélio Castro, Diretor Presidente e Diretor de Regulação Técnica e Fiscalização dos Serviços de Saneamento Básico da ARSESP, e Vanessa Schmitt, da AGIR-SC. Imagem: FGV

O Centro de Estudos em Regulação e Infraestrutura da Fundação Getúlio Vargar – FGV CERI promoveu, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, evento que está inserido na iniciativa “Diálogos Estratégicos: Infraestrutura Sustentável”, cujo enfoque é a realização de uma série de discussões com especialistas e formadores de opinião nacionais e internacionais sobre os principais desafios dos setores de infraestrutura e propostas de como avançar. A partir dos debates, o FGV CERI produzirá um relatório sobre os setores de energia, transportes e saneamento básico, que será utilizado como subsídio para o desenvolvimento da estratégia de investimentos do BID no Brasil para os anos de 2019 a 2023.

No última dia 26, Vanessa Schmitt, Diretora Institucional da Agência Intermunicipal de Regulação do Vale Médio do Itajaí – AGIR e personagem ativa na Associação Brasileira de Agências de Regulação – ABAR, foi uma das palestrantes do evento, e o documento de sua apresentação pode ser visto aqui.

Também estiveram presentes representantes do governo, empresas privadas, associações, reguladores, acadêmicos e pesquisadores. Dentre eles, compareceram o diretor presidente da ARSESP, Hélio Castro, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, a presidente da BRK Ambiental, Teresa Vernaglia, a diretora executiva da Abcom, Ana Lia de Castro, o diretor de regulação da ANA, Oscar Cordeiro, o advogado e professor da FGV, Mauricio Portugal, dentre outros.

Diretora do FGV CERI, Joisa Dutra, e do Representante do BID no Brasil, Hugo Flórez Timorán. Imagem: FGV

O documento feito pelo FGV CERI para pautar a discussão, bem como as apresentações feitas pelos especialistas do setor, estão disponíveis aqui.