Simpósio de oportunidades discutirá potencial do Gás Natural em Sergipe

591
Nos dias 4 e 5 de julho, no Radisson Hotel, em Aracaju, será realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedetec), e com patrocínio das Centrais Elétricas de Sergipe (CELSE), o “Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário da Cadeia do Gás Natural em Sergipe”. O evento contará com a participação de representantes de diversas entidades com atuação na área do Gás Natural, como órgãos do Governo Federal e Estadual, produtores e ofertantes, agência reguladora e empresas com potencial de consumir o grande volume de gás que será produzido em Sergipe.
Na oportunidade, serão discutidos os aspectos relacionados à produção e oferta de gás em Sergipe, as estratégias do Governo Federal e Estadual para a área, bem como a visão de instituições como Fundação Getúlio Vargas, Petrobras, ExxonMobil, Golar, Agência Nacional de Petróleo (ANP), entre outras. É importante destacar que o evento é destinado a empresários, profissionais e instituições do setor.
“Sergipe tem sido chamado de ‘A nova estrela do gás do Brasil’, e isso não é para menos. Temos um enorme potencial que será desbravado nos próximos anos e por isso estamos promovendo este evento, para mostrar para o Brasil e para o mundo, que o estado possui infraestrutura, boa localização geográfica, riquezas minerais e disposição do Governo para contribuir e tornar tudo isso realidade”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Augusto Carvalho.
Diversos nomes já estão confirmados no evento. Entre eles estão o diretor de estudos de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, da Empresas de Pesquisas Energéticas (EPE), José Mauro Ferreira Coelho, o secretário Executivo de Gás Natural do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (IBP), Luiz Costamillam, e o gerente executivo de Gás e Energia da Petrobras, Rodrigo Costa Lima e Silva.
No primeiro dia de evento, os participantes irão contar com discussões sobre as estratégias do Governo Federal para elevar a competitividade no setor de petróleo e gás; desafios e oportunidades de desenvolvimento econômico a partir do novo cenário de produção de gás natural e petróleo do pré-sal; perspectivas das empresas na exploração de petróleo e gás em águas profundas em Sergipe; além de uma discussão sobre a geração de energia da UTE Porto de Sergipe e as perspectivas de novos empreendimentos na área.

 Mais informações podem ser obtidas no hotsite do evento: www.simposiodogas-se.com.br