Moacyr Fonseca, da AGENERSA, fala sobre X Congresso

98

Essa semana a ABAR entrevistou o Sr. Moacyr Fonseca, Diretor da Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (AGENERSA) e parte integrante da diretoria da ABAR.


ABAR: Sr. Moacyr, obrigado pela disponibilidade em conversar conosco. Para o senhor e sua agência, qual a importância da ABAR no atual cenário brasileiro?

Moacyr: O Brasil é um país ímpar pelas suas dimensões. Comparar algumas agências municipais, por exemplo, do Nordeste com uma do Rio de Janeiro ou São Paulo é uma tarefa complicada. Os cenários são muito diferentes entre si, mas todos desafiadores, dentro de suas realidades e expectativas.

Até antes de participar da Diretoria da ABAR, eu pouco conhecia como esses desafios poderiam ser superados. Hoje, participando de uma forma mais intensa, percebo como o intercâmbio entre as agências nos ajuda a integrar as diferenças, mitigá-las e a evitar redundância de equívocos. A atividade regulatória é ainda uma temática nova para todos no Brasil. Da mesma forma que vejo minha agência aprendendo com as experiências vividas por outras que tenham passado por situações similares, por exemplo, de São Paulo; nos vejo como possíveis referenciais para as menores, que hoje enfrentam dificuldades pelas quais já passamos.

ABAR: Sobre o X Congresso Brasileiro de Regulação, que acontecerá na próxima semana, como o senhor o enxerga?

Moacyr: Eu incentivo todos a estarem presentes nesse Congresso, que é o maior do Brasil sobre regulação. Devemos reconhecer que esse tipo de evento é muito bom para criar relacionamentos pessoais e conhecimentos técnicos. Após essa experiência, é muito mais fácil se comunicar com seus pares, já os conhecendo pelo nome e pessoalmente. A ocasião é extremamente favorável para expormos nossas dúvidas, muito mais do que se consegue ao fazer um telefonema ou ao enviar um ofício aos nossos colegas.

Em resumo, o Congresso da ABAR é importantíssimo para que as agências cresçam, compartilhando suas vivências e experiências.


Moacyr Almeida Fonseca é Engenheiro Metalúrgico e Industrial pela PUC-RJ.

Atuou na Petrobrás, em diversos segmentos da empresa e de suas subsidiárias, por cerca de 30 anos. Em sua carreira na Petrobrás, no antigo Serviço de Engenharia, atuou na implementação de empreendimentos para os segmentos de Refino e de Exploração & Produção.

A partir de 1988, exerceu funções gerenciais nas subsidiárias Braspetro (na Noruega), Petrofertil e Gaspetro.

Em 1999, deixou a função de Gerente de Avaliação de Investimentos da Gaspetro, onde atuou intensamente na viabilização e implementação do Gasoduto Bolívia-Brasil, retornando à “holding” para exercer funções executivas, inicialmente, na área de Engenharia e, posteriormente, na área de Gás & Energia.

Por mais de dez anos, integrou Conselhos de Administração de subsidiárias (Nitrofertil, Arafertil e TBG) e participou ativamente da formulação de políticas e diretrizes para o segmento de Gás & Energia.

Após sua aposentadoria, em 2003, atuou como consultor para os segmentos de óleo, gás e energia, até assumir, em julho de 2009, o cargo de conselheiro da Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro – AGENERSA.

É Vice-Presidente Sudeste da Associação Brasileira de Agências de Regulação – ABAR.