Leilão de transmissão da ANEEL termina com 55,26% de deságio

89

O leilão de transmissão nº 2/2018 negociou, ontem (28/6) na sede da B3 em São Paulo, 20 lotes com empreendimentos de transmissão de energia elétrica que propiciarão investimentos da ordem de R$ 6 bilhões. Os empreendimentos estão localizados nos seguintes estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

O certame conferiu às empresas vencedoras o arremate de 2562 km de linhas de transmissão e de 12.226 mega-volt-amperes (MVA) de potência de subestações. O Diretor da ANEEL e relator do leilão 02/2018, André Pepitone da Nóbrega, falou dos resultados do certame e enfatizou o trabalho da Agência para propiciar um ambiente regulatório claro, estável e atrativo. “O leilão foi extremamente exitoso, com uma clara demonstração da confiança do investidor no setor elétrico brasileiro”, destacou.

O diretor da ANEEL, Sandoval Feitosa ressaltou ainda o expressivo deságio médio alcançado no leilão, de 55,26%, e seus efeitos para a modicidade tarifária. “O leilão foi um sucesso, com o maior deságio médio dos últimos 20 anos”, afirmou.

Leia mais aqui.