Espiral de Transformação Pública: potencialização de conhecimentos

113

Gratuito, evento da Abar tem por objetivo aprimorar a experiência do serviço na iniciativa pública

A palestra Espiral de Transformação Pública chega dia 22 de novembro e traz consigo uma experiência inovadora de gestão no serviço público. O evento é fruto de uma parceria entre Associação Brasileira das Agências de Regulação (Abar) e a Elo Group.

Com mais de dez anos de existência, o método Espiral Pública propõe uma abordagem prática das questões comportamentais, políticas e técnicas que abrangem a prestação de serviços públicos.

Como agente de mudança nas agências reguladoras, a palestra incumbe-se de tratar separadamente dos cinco pilares que devem reger os grupos de atuação que vão levar as mudanças até sua organização. São eles:

  1. Transformação em três dimensões: técnica, comportamental e sócio-política;
  2. Inovação sistêmica por meio de curtos ciclos, gerando engajamento constante;
  3. Mudança do comportamento pelo coração, contexto e conflito: implementando estratégias baseadas em emoções e gerenciamento do contexto e conflitos;
  4. Articulação de oportunidades: aprendendo a reconhecer e julgar o momento e a forma de como as ideias devem chegar, massificando os objetivos entre liderança, servidores e os usuários do serviço prestado;
  5. Empreendedorismo público: melhorias e resgate do sucesso por meio da motivação, resiliência e da capacidade empreendedora do servidor público.

Tais abordagens são de suma importância para desenvolver uma mudança orgânica e sistêmica nas entidades dispostas à mudança. Assim explica o coordenador da Gov.Lab, braço de educação e método aberto da Elo Group, Alexandre Guimarães. “O Espiral Pública nasceu de uma reflexão após o contato e parcerias com os órgãos e com o poder público em projetos de transformação. Observamos que há uma grande quantidade de projetos que não geram os resultados que se imagina, apesar dos recursos financeiro e humano de qualidade empreendidos”.

O coordenador enfatiza que método englobador é substancialmente válido e eficaz. “Ele está calcado em um conjunto de princípios, que são cinco e que precisam ser observados. Normalmente, observa-se apenas a dimensão técnica na implantação dos projetos de transformação. Entretanto, o Espiral mostra que é importante observar as dimensões político-social e comportamental. Nós colhemos testemunhos sobre a maneira integrada que trabalhamos com estes princípios e como a abordagem toca em pontos primordiais para a mudança”, conclui.

A palestra ocorrerá das 10h às 11h30 no auditório da Abar e poderá ser acompanhada de forma presencial ou à distância. As inscrições estão abertas, para preencher a ficha acesse aqui.